Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Ainda em crise, Vasco reencontra São Januário após 40 dias

Cruzmaltino não joga em seu estádio desde o dia 13 de maio e perdeu todos os jogos que disputou desde então

Futebol|Do Live Futebol BR

Vasco volta a jogar em São Januário após 40 dias
Vasco volta a jogar em São Januário após 40 dias Vasco volta a jogar em São Januário após 40 dias

O Vasco recebe o Goiás nesta quinta-feira (22), às 20 horas (de Brasília), no que será o primeiro jogo em São Januário em 40 dias. O Cruzmaltino não joga em seu estádio desde o dia 13 de maio, na derrota por 1 a 0 para o Santos, e terá casa cheia para tentar espantar a crise diante do Esmeraldino.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

O último jogo em São Januário teve enorme pressão da torcida sobre o time, a direção e o técnico Maurício Barbieri. O treinador foi alvo de xingamentos durante e depois da partida e piorou a situação ao dizer que o Santos, em comparação com o Vasco, estava acostumado a jogar na elite – ele se desculpou na semana seguinte.

Continua após a publicidade

Leia também

Desde então, o momento do Gigante da Colina piorou e muito. O Cruzmaltino disputou quatro partidas nos 40 dias longe de São Januário e perdeu as quatro, com direito a goleada por 4 a 1 no clássico contra o Flamengo, que teve mando vascaíno e foi realizado no Maracanã. Os resultados deixam a equipe na vice-lanterna do Campeonato Brasileiro e sem possibilidade de sair da zona de rebaixamento nesta rodada.

Diante do Goiás, o Vasco tentará sua primeira vitória no Rio de Janeiro em três meses e meio. O último triunfo no estado foi no dia 9 de março, em São Januário, pela primeira fase do Campeonato Carioca. Desde então, foram oito jogos sem vencer no Rio, com seis partidas em casa e dois clássicos como visitante.

Continua após a publicidade

Além disso, o jogo desta quinta-feira é um confronto direto na corrida contra a Série B. O Goiás também está no Z4, na 17ª posição com oito pontos, e também não pode sair da zona de rebaixamento mesmo se vencer.

Abel poderia comprar o Cruzeiro de Ronaldo e o próprio CR7 com salário que receberia no Al-Hilal

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.