Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Abel ressalta lado psicológico do Palmeiras nas últimas decisões

Técnico português também comentou sobre a importância dos zagueiros reservas, Kuscevic e Murilo, para o clube e o elenco

Futebol|Do Live Futebol BR

O Palmeiras conseguiu um empate nos acréscimos contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada, pelo jogo de ida da Recopa Sul-Americana, na última quarta-feira (23) e o técnico Abel Ferreira alertou sobre o fator psicológico dos seus atletas em situações adversas em decisões.

"Todos já perceberam que essa equipe tem uma alma que se sente. Equipe que luta até o fim e foi o que procuramos hoje, dentro de um estádio fantástico. Nossa torcida era pouca, mas barulhenta“, afirmou o português, na coletiva de imprensa pós-jogo.

Abel Ferreira orienta o Palmeiras no empate com o Athletico-PR
Abel Ferreira orienta o Palmeiras no empate com o Athletico-PR Abel Ferreira orienta o Palmeiras no empate com o Athletico-PR

A partida contou com chances claras dos dois lados, com destaque para Weverton, que impediu o gol meio-campista Erick, do Furacão, já na etapa final. Abel gostou do que viu em Curitiba.

"Foi um jogo aberto. Criamos oportunidades, nosso adversário também. Honestamente, o resultado foi justo. Seria injusto se saíssemos perdendo de 2 a 1. A equipe acreditou até o fim"

Publicidade

Além do apoio do torcedor fora de casa, o comandante também destacou a partida dos defensores Murilo e Kuscevic.

"Temos a filosofia de que todos somos um. Todos são importantes. São tão importantes como Gustavo Gómez e Luan. O elenco foi escolhido por todos nós e temos uma linha bem definida. O clube tem uma visão clara do que quer para o futuro", ressaltou Abel Ferreira, que teve a dupla reserva Murilo e Kuscevic no miolo da zaga no duelo de ida da decisão em dois jogos pela Recopa Sul-Americana.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.