Futebol Abel Ferreira lamenta chances perdidas pelo Palmeiras no revés

Abel Ferreira lamenta chances perdidas pelo Palmeiras no revés

Português citou falta de eficácia e calma nas finalizações, principalmente do atacante López, que teve três oportunidades

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Abel Ferreira observa o Palmeiras durante a derrota na Arena da Baixada para o Athletico-PR

Abel Ferreira observa o Palmeiras durante a derrota na Arena da Baixada para o Athletico-PR

CESAR GRECO/SITE OFICIAL DO PALMEIRAS (31.08.2022)

O Palmeiras perdeu para o Athletico-PR o jogo de ida da semifinal da Libertadores e precisará reverter a desvantagem de um gol de diferença para ir à final do torneio. Abel Ferreira não fez nenhuma questão de esconder a irritação pelas chances perdidas por seus jogadores na derrota em Curitiba.

"Em primeiro lugar, enfrentamos uma equipe experiente e com um treinador [Felipão] que sabe muito bem como jogar, como armar uma equipe. Nesses jogos, eficácia é determinante. A primeira e grande chance do jogo foi nossa, nós sabíamos que seria difícil. Tivemos três chances para fazer o gol. Uma clara com o López, que foi precipitado e vai ter mais calma para fazer isso em outros jogos", comentou o treinador na coletiva pós-jogo.

A contratação do atacante argentino foi feita nesta janela de transferências e se tornou a mais cara da história do clube. Por causa disso, Rony acabou atuando pelo lado do campo e substituindo Gustavo Scarpa, suspenso.

"O López fez um bom jogo contra o Corinthians, hoje ele teve duas chances de fazer o gol. Queríamos ter um centroavante que ligava o jogo e prendia a bola abrindo espaço. Optamos pelo López porque ele sabe jogar de frente e com esse tipo de jogo. Essa foi nossa ideia, ter um jogador que sabia buscar espaço nas costas [da zaga]. Criamos igual nosso adversário, mas futebol é eficácia. Nosso adversário foi mais eficaz. E terça [jogo de volta] é na nossa casa", ressaltou Abel Ferreira.

"A dificuldade está em cada jogo, não é fácil chegar até aqui. Essa palavra está presente em todas as fases. Sabemos que é difícil, nosso adversário é qualificado e com jogadores e técnico experientes. Agora é na nossa casa, são duas equipes que se conhecem bem e nessa fase os jogos são definidos por detalhes. Não vi os números de finalizações. O treinador [Felipão] deles é astuto e a equipe sabe jogar bem da forma que joga. Agora é na nossa casa, e temos a intenção clara. Precisamos ser inteligentes e ter calma. Raramente ficamos jogos em branco, mas hoje não conseguimos", completou.

Antes da partida de volta no Allianz Parque, pela Libertadores, no dia 6 de setembro, o Palmeiras retoma os treinos nesta quarta-feira (31), pois já pensa no Brasileirão, no confronto diante do RB Bragantino, pela 25ª rodada, fora de casa.

Antony é jogador brasileiro mais caro de janela de transferências na Europa; confira a lista

Últimas