Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Abel elogia poder de reação e diz não saber o limite do elenco

Técnico também comentou sobre sua intenção de cumprir seu contrato até o final; Verdão é líder do Brasileirão com 25 pontos

Futebol|Do Live Futebol BR


Abel Ferreira comanda o Palmeiras na vitória contra o Atlético-GO por 4 a 1 no Allianz Parque
Abel Ferreira comanda o Palmeiras na vitória contra o Atlético-GO por 4 a 1 no Allianz Parque

O Palmeiras recebeu o Atlético-GO, no Allianz Parque e venceu os goianos, de virada, com quatro gols em pouco mais de sete minutos, por 4 a 2, pela 12ª rodada do Brasileirão e chegou aos 25 pontos. Com isso, abriu três de vantagem para o segundo, que é o Corinthians, além de aumentar a diferença no saldo que agora é de 16 a 6. Em entrevista coletiva, o técnico Abel Ferreira agradeceu o apoio da torcida e elogiou o poder de reação de sua equipe diante da desvantagem.

"Gostaria de dedicar essa vitória de modo especial aos nossos torcedores, acho que é a primeira vez que faço isso desde que estou no Brasil. Eles tiveram um papel importantíssimo na virada, e depois a qualidade dos nossos jogadores, a crença, vontade, força, o saber lidar com os momentos do jogo. É tudo isso. No último jogo [contra o Coritiba] perguntaram qual é o nosso limite, e eu não sei. Não sei qual é o limite desses jogadores, qual a vontade, o desejo deles. O que sei, o que sinto, é um amor por jogar futebol e uma paixão muito grande por competir", afirmou o português.

"Nunca vivi isso. Foi bonito a atmosfera, o ambiente, o momento, espetacular. Eu mesmo, no banco, que costumo ser controlado, no segundo ou terceiro festejei como se fosse um dos torcedores. Às vezes gosto de estar calmo e focado nesses momentos. Foram sete minutos incríveis, sete minutos à Palmeiras", concluiu Abel.

Abel durante a entrevista também comentou sobre a possibilidade de assumir a seleção brasileira, com a saída de Tite, depois da Copa do Mundo no Catar. "Irei cumprir o meu contrato com o Palmeiras até 2024. Só saio antes se eles [Palmeiras] me mandarem embora. E agora [com a renovação contratual], vai ficar mais caro para me mandar embora. No Palmeiras só há duas pessoas insubstituíveis, que é o Porco e o Periquito [mascotes do clube]. São as únicas. E nossos torcedores."

Publicidade

"Já sou treinador da seleção do Palmeiras, já disse o que penso sobre isso. Já falei muito, diretamente sobre essa questão. O que disse há um mês [sobre dirigir o Brasil], é o que mantenho agora", acrescentou.

Novidade

Publicidade

Logo após o triunfo diante dos goianos, o Palmeiras divulgou nas redes sociais, o acerto oficial do centroavane José Manuel López. Areportagem havia antecipado a chegada do atleta no dia 2 de junho.

Herdeiro de Suárez e Cavani: conheça novo atacante do Liverpool

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.