Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Abel diz que Palmeiras traz diversão à torcida e agradece apoio em jogos

Treinador do Verdão se diz orgulhoso da ligação entre o elenco e os palmeirenses; português cita Cristiano Ronaldo para falar de Veiga

Futebol|Do Live Futebol BR


Abel Ferreira aplaude jogada do Palmeiras em vitória sobre o Goiás pelo Brasileirão no Allianz
Abel Ferreira aplaude jogada do Palmeiras em vitória sobre o Goiás pelo Brasileirão no Allianz

O Palmeiras passou com facilidade do Goiás, pela 21ª rodada do Brasileirão, e conseguiu abrir vantagem de seis pontos para o Corinthians que é o segundo colocado. Abel Ferreira comentou que vê a torcida do Verdão se divertir nos jogos no Allianz Parque e agradeceu apoio dos palmeirenses.

"Modéstia à parte, acho que esta equipe tem dado diversão aos nossos torcedores. Eles vêm para desfrutar e se divertir deste espetáculo. Muito contente com isso. Ali no bilhete [entregue aos jogadores] estava: continuem a jogar assim, os nossos torcedores estão a nos apoiar, aproveitem para os convocar para quarta-feira [Libertadores], porque têm sido espetaculares e ajudado muito", afirmou o técnico durante a coletiva de imprensa pós-jogo.

Abel Ferreira rodou o elenco nesta rodada do Campeonato Brasileiro, por conta de suspensão e cansaço, em meio a decisão para uma vaga na semifinal da Libertadores, na próxima quarta-feira (10), também no Allianz, às 21h30 (Brasília).

"Eu sempre digo que temos de pensar no que queremos que nos aconteça. Mais do que tudo, quero ver nos jogadores, como o Wesley falhou em três oportunidades, mas estava lá. Criou. E teve um comportamento nas tarefas dele espetacular. O jogo não é só com bola. É técnica, hoje é verdade não esteve no top, na tática foi top, na física foi top, porque correu para frente e para trás. O sucesso não é só quando faz gols, é quando tu dás o melhor que pode em treino e jogo", ressaltou o português.

Publicidade

"O Navarro ainda é um moleque. Nossa função não é contratar jogadores prontos, não temos dinheiro para isso, nem geramos dinheiro para dar 10, 15, 20 milhões de euros em um jogador. Nossa função é olhar os melhores da base, ajudar a crescer, assim como os que vem de fora. Mas o crescimento às vezes demora. Como foi o Veiga, o Weverton, o Zé Rafael. Temos de ter calma, somos nós que os ajudamos", completou.

Além disso, o treinador palmeirense comentou sobre Raphael Veiga, que voltou a acertar uma penalidade máxima, após três erros consecutivos defendendo as cores verde e branca.

Publicidade

Leia também

"Eu não conheço nenhum jogador do mundo que só acerta. O Cristiano Ronaldo é um exímio cobrador e falhou quatro ou cinco vezes. O Veiga em 24 ou 25 falhou dois ou três. É normal. Para mim o segredo é como o jogador e o treinador lidam com a adversidade. Muitas vezes focamos nos problemas. Ele falhou dois, mas fez 24 seguidos. Uma hora ele ia falhar", concluiu.

O Palmeiras agora se programar para enfrentar o Atlético-MG, pelas quartas de final da Libertadores. Na ida, as equipes empataram por 2 a 2 e quem vencer passar de fase. Uma nova igualdade leva a decisão para os pênaltis.

Só Fotão: veja as melhores fotos desta semana no esporte

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.