'Novo' Maradona está mais magro, livre da cocaína e jogando futebol

Após bronca do médico, ídolo argentino largou as bebidas alcoólicas, iniciou uma rotina de treinamentos físicos e acabou perdendo cerca de cinco quilos

Maradona agradece ao médico Leopoldo Luque

Maradona agradece ao médico Leopoldo Luque

Instagram/Maradona

Após se livrar do problemas com drogas, o ex-craque argentino Diego Maradona, 59 anos, estava prestes a enveredar pelo caminho da bebida. Após cirurgias no joelho, e alguns problemas de saúde, o álcool estava acentuando ainda mais as dificuldades que o ídolo tem em manter um peso ideal.

Leia mais: 'Fui rotulado injustamente', diz Lazaroni, 30 anos após Copa de 1990'

Diante desta situação, o médico pessoal do argentino, Leopoldo Luque, contou ao Clarín, que teve de ser firme com Maradona. Ele foi até a cidade de Bella Vista, onde o ex-jogador, e agora técnico do Gimanisa y Esgrima mora, conforme informou o Clarín.

"Ele toma alguns remédios para conter a ansiedade receitados há algum tempo. São tratamentos que continuamos porque alguns remédios não podem ser removidos assim. O corpo desenvolve tolerância e a retirada drástica pode causar problemas. E álcool ... Diego bebe, mas estamos trabalhando. Diego está completamente limpo de cocaína, mas às vezes ele tem excesso de álcool e às vezes não. Nesse caso, esses problemas da quarentena e de família são terríveis para ele ", explicou Luque.

O médico teve uma conversa profunda com o ex-craque e falou que, neste momento, era necessário que Maradona assumisse a responsabilidade por sua própria saúde.

Sempre teimoso e com personalidade forte, Maradona resistiu um pouco no início, mas acabou concordando em iniciar um trabalho para recuperar a qualidade de vida.

Largou as bebidas alcoólicas, iniciou uma rotina de treinamentos físicos e acabou perdendo cerca de cinco quilos. Até voltou a jogar um futebolizinho e, às vezes, tênis.

"Foi um sonho poder jogar com Diego. Ele está muito bem, querendo encarar essa nova rotina e, acima de tudo, com vontade de voltar ao trabalho", afirmou Luque, em um momento no qual, por causa da pandemia, o futebol argentino está parado.

Veja também: Quarentena impõe nova realidade a pais, alunos e educadores de todo o Brasil

Maradona tem feito 20 minutos de esteira por dia, atividades na bicicleta ergométrica e caminhando em parque. O objetivo também é fortalecer o adutor da coxa, para não sobrecarregar o joelho (operado) e melhorar a mobilidade.

Nesta semana, Maradona voltou a passar por estresse por causa dos conflitos familiares.

Suas filhas Dalma e Gianinna afirmaram, por meio do advogado, que o jogador está sendo influenciado por seu entorno, que, segundo elas, o estão mantendo em uma "privação ilegítima da liberdade". Maradona rebateu afirmando novamente que elas "fazem tudo por dinheiro".

Qual o melhor estádio para sediar a final da Libertadores em 2021?