Copa 2018 Nigéria bate Islândia e faz confronto direto com Argentina por vaga

Nigéria bate Islândia e faz confronto direto com Argentina por vaga

Time africano ganhou por 2 a 0 com dois gols do atacante Musa, nesta sexta (22), em Volvogrado. Agora, Nigéria decide vaga nas oitavas com Argentina

  • Copa 2018 | Cesar Sacheto, do R7

Musa fez dois gols e foi o grande destaque da Nigéria contra a Islândia

Musa fez dois gols e foi o grande destaque da Nigéria contra a Islândia

REUTERS/Toru Hanai - 22.6.2018

A Nigéria venceu a Islândia por 2 a 0 nesta sexta-feira (22), em Volvogrado, pela segunda rodada do Grupo D da Copa do Mundo, resultado que aliviou a situação da Argentina — que perdeu por 3 a 0 para a Croácia, nesta quarta — em termos de classificação para as oitavas de final do torneio.

Veja a tabela completa da Copa do Mundo 2018

Os nigerianos chegaram aos três pontos, enquanto os islandeses permaneceram com apenas um — conquistado no empate com a Argentina na primeira rodada da chave.

Confira o minuto a minuto de Nigéria x Islândia no R7

Desta forma, o time sul-americano precisa ganhar da Nigéria e torcer contra a Islândia na partida diante da Croácia para não ser eliminado na primeira fase. Mesmo assim, a vida dos argentinos não será fácil na última rodada do grupo.

Islândia perigosa

A Islândia começou o jogo melhor, buscou as jogadas de ataque. A Nigéria tentou equilibrar o jogo com mais posse de bola, mas não criou grandes chances diante do goleiro Halldorsson. 

O primeiro chute a gol foi dos islandeses, logo aos 2 minutos. O meio-campista Gylfi Sigurdsson bateu falta de longa e obrigou Usoho a espalmar pela linha de fundo. O lance assustou a torcida nigeriana.

Usoho ainda caiu bem para encaixar outra bola batida por G. Sigurdsson, aos 5 minutos. O goleiro nigeriano foi bastante acionado nos primeiros 25 minutos de jogo. Depois, o duelo ficou mais concentrado nas disputadas de meio de campo.

Curta a página R7 Esportes no Facebook

Os islandeses ainda tiveram um grande momento no primeiro tempo, aos 36 minutos, quando Saevarsson lançou na área. Havia dois companheiros em ótima condição para marcar, mas o nigeriano Ekong desviou na hora certa e salvou a seleção africana.

De uma maneira geral, a epata inicial do confronto não foi empolgante. 

Segundo tempo

A Nigéria voltou animada para a segunda etapa e assustou no primeiro minuto. Etebo disparou uma bola rasteira de fora da área e obrigou o goleiro islandês a fazer uma grande defesa.

As 4 minutos, os nigerianos desceram em um contra-ataque mortal com Moses, que cruzou para a área. O atacante Musa dominou e bateu forte para abrir o placar.

No lance do gol, Ragnar Sigurdsson levou uma joelhada na cabeça e precisou de atendimento. O jogo ficou parado por cerca de quatro minutos para que o islandês se recuperasse.

Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes

Pouco depois, o volante NDidi soltou uma bomba da entrada da área e quase fez o segundo para a Nigéria. Mas o goleiro islandês tocou com a ponta dos dedos para escanteio.

A Nigéria passou a dominar a partida, perdeu algumas boas oportunidades de ampliar — colocou uma bola na trave com Moses — mas, aos 30 minutos, Musa fez uma grande jogada pela esquerda, entrou na área, tirou dois islandeses e bateu firme para fazer 2 a 0.

Aos 35 minutos, o islandês Finnbogason foi derrubado por Ebuehi dentro da área. O árbitro neozelandês Matt Conger não iria marcar, mas foi alertado pelo VAR e reconsiderou a decisão: pênalti. Na cobrança, Gylfi Sigurdsson chutou alto demais e perdeu a chance recolocar a seleção islandesa no jogo.

A islândia ainda tentou diminuir o marcador, mas os nigerianos seguraram a vantagem até o apito final.

Próximos jogos

Na próxima terça-feira, a Nigéria enfrentará a Argentina, às 15 horas (horário de Brasília), em São Petersburgo. No mesmo dia e horário, a Islância pega a Croácia, em Rostov.

Ficha técnica
22/6 – Arena Volvogrado (Volvogrado)
NIGÉRIA 2 x 0 ISLÂNDIA

Árbitro: Matt Conger (Nova Zelândia); Público: 40.904; Gols: Musa, aos 4 e aos 28 minutos do 2º tempo; Cartões amarelos: Idowu (Nigéria)
NIGÉRIA: Usoho; Omeruo, Ekong, Balogun; Mikel, Moses, Etebo (Iwobi, aos 45 do 2º), NDidi, Idowu (Ebuehi, no intervalo); Musa e Iheanacho (Ighalo, aos 39 do 2º). Técnico: Rohr Gernot.
ISLÂNDIA: Halldorsson; Saevarsson, Arnason, Ragnar Sigurdsson (Ingason, aos 19 do 2º) e Magnusson; Gislason, Gunnarsson (Skúlason, aos 41 do 2º), Gylfi Sigurdsson e Bjarnason; Bodvarsson (Sigurdarson, aos 25 do 2º) e Finnbogason. Técnico: Heimir Hallgrimsson.

Copa 2018: veja as melhores imagens de Nigéria x Islândia

Últimas