Lance Para Delph, Inglaterra mostra nesta Copa um grupo de atletas destemidos

Para Delph, Inglaterra mostra nesta Copa um grupo de atletas destemidos

Apoiador inglês, confirmado como titular na decisão pelo 3º lugar, contra a Bélgica, vibra com nova chance e lamenta não levar o caneco e ver a 'alegria de 500 mil nas ruas'

Apoiador inglês, confirmado como titular na decisão pelo 3º lugar, contra a Bélgica, vibra com nova chance e lamenta não levar o caneco e ver a 'alegria de 500 mil nas ruas'

Lance

Lance

Lance

Única alteração confirmada pelo técnico inglês Gareth Southgate para a partida contra a Bélgica, neste sábado, no Estádio de São Petersburgo, o apoiador Fabian Delph analisou, durante a conferência de imprensa desta sexta-feira, no palco da partida, como ele vê a sua participação neste Mundial.

- É sempre importante defender o seu país numa Copa do Mundo e eu consegui isso, tendo a chance de entrar em algumas partidas, mesmo não jogando na minha posição. O que posso dizer é que vivo uma experiência fantástica, com um grupo de jogadores destemidos - disse Delph, que das seis partidas da Inglaterra na Copa, foi titular na fase de grupos contra a Bélgica e entrou nos jogos contra Panamá e Suécia.

O jogador do Manchester City aproveitou e comentou também sobre como sentiu o clima na Inglaterra durante a Copa, pois teve uma autorização especial para retornar ao país e ver o nascimento do terceiro filho e retornar para a concentração da seleção, que tem a sua base em São Petersburgo:

- Tive a oportunidade de voltar para a Inglaterra por algumas horas e contei a todos os meus companheiros sobre aquele ambiente sensacional e de alegria. Teria sido ótimo se a gente conseguisse ir mais além, ganhando a Copa e voltando nos braços de 300 mil, 500 mil fãs nas ruas. Não será possível. Vamos ver se conseguimos títulos no futuro.