Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Copa 2018
Publicidade

Hora do adeus? Veja lista dos que podem não jogar a Copa de 2022

Período entre Mundiais de 2018 e 2022 terá renovação de algumas seleções, principalmente na defesa; alguns ídolos já se despediram dos gramados

Lance

Lance|Do R7

É inevitável falar de renovação e 'ciclos' após o término de uma Copa do Mundo. Ao analisar o retrospecto das seleções, é normal que prestemos atenção às idades dos jogadores e já comecemos a projetar o próximo Mundial - listando, inclusive, quem não deve figurar entre as listas de convocados.

O LANCE! separou um grupo de jogadores que, provavelmente, não irá entrar em campo nos gramados do Qatar em 2022. Além dos incertos, a lista também conta com alguns atletas que anunciaram a aposentadoria de suas seleções recentemente. Confira os detalhes abaixo e na fotogaleria acima.

Confira tudo sobre Esportes na página do R7

Tim Cahill

Publicidade

Um dos maiores ídolos do futebol australiano, Tim Cahill anunciou recentemente a sua aposentadoria dos Socceroos. O atacante, atualmente com 38 anos, disputou sua quarta edição de Copa do Mundo em 2018. Foram 107 jogos e 50 gols com a camisa da Austrália, rendendo ao jogador o posto de maior artilheiro da história do país.

Rafa Márquez

Publicidade

O zagueiro de 39 anos revelou que não voltaria a jogar futebol depois da eliminação do México para o Brasil, nas oitavas de final do Mundial da Rússia. Rafa Márquez disse que sua aposentadoria já estava planejada; o jogador mexicano foi convocado pela primeira vez em 2002 e disputou cinco edições de Copa, balançando a rede em 15 ocasiões.

Javier Mascherano

Publicidade

Logo após a eliminação da Argentina no Mundial da Rússia, Mascherano foi outro jogador que decidiu pendurar as chuteiras por sua seleção. O zagueiro de 34 anos disputou 147 partidas com a camisa da Albiceleste e, emocionado, disse que passaria a ser apenas 'mais um torcedor' do país.

Andrés Iniesta

O autor do gol que deu à Espanha seu único título, em 2010, é outro que não irá disputar a Copa do Mundo de 2022. Iniesta anunciou sua aposentadoria da Fúria logo que a seleção espanhol foi eliminada, nos pênaltis, para a anfitriã Rússia. O meia completou 34 anos de idade em maio deste ano.

Curta a página R7 Esportes no Facebook

Lionel Messi

A participação (ou não) de Lionel Messi na Copa de 2022 ainda é uma grande incógnita. Com quatro edições do torneio na bagagem, o camisa 10 da Argentina terá 35 anos quando a bola rolar pela primeira vez no Qatar. Resta ao mundo do futebol torcer para que tenhamos mais uma chance de, quem sabe, ver o jogador hermano finalmente mostrar todo o seu talento com a camisa de seu país.

Cristiano Ronaldo

Cristiano é ainda mais velho que seu 'rival' Messi, com 33 anos completos em 2018, mas sempre chamou atenção por sua preparação e aptidão físicas. O ídolo de Portugal, recentemente apresentado na Juventus (onde assinou contrato por 4 anos), declarou que 'muitos já estão acabados' nesta idade, mas ele não. O tempo irá dizer se o camisa 7 terá condições de disputar o Mundial de 2022 em alto nível.

Olivier Giroud

O atacante da França é um dos únicos presentes na conquista do bicampeonato que provavelmente não voltarão a disputar uma Copa do Mundo. Giroud terá 35 anos no Catar, assim como seu companheiro Matuidi, mas este já anunciou que o Mundial de 2018 foi o seu último com os Les Bleus.

Luka Modrić

Eleito pela Fifa o melhor jogador da Copa de 2018, o meia da Croácia já é ausência quase que concreta para o torneio no Catar. Modrić completará 37 anos em setembro de 2022 e, por isso, dificilmente voltará a defender seu país em uma Copa do Mundo.

Confira a classificação e a tabela do Brasileirão 2018

Luis Suárez e Edinson Cavani

A badalada dupla de ataque do Uruguai pode não retornar aos gramados do Mundial. Quando o ciclo preparatório pré-Catar se encerrar, tanto Suárez quanto Cavani terão 35 anos - idade que dificulta suas presenças no grupo da Celeste, ao menos enquanto titulares.

Paolo Guerrero

O atacante foi um dos pilares na campanha que classificou o Peru ao Mundial pela primeira vez desde 1982. Após capítulos e mais capítulos de sua novela na justiça - o peruano foi suspenso devido a um resultado positivo no antidoping -, o jogador foi liberado e marcou um gol com a camisa de sua seleção na Rússia. Caso o Peru se classifique para a competição no Catar, Guerrero terá 38 anos em 2022, o que torna bastante incerta a sua participação.

Pogba. A lição de humildade do grande jogador de Deschamps

Vertonghen e Kompany

A principal preocupação da 'ótima geração belga', que deixou a Rússia com o terceiro lugar, é certamente o setor defensivo. Vertonghen e Kompany terão 35 e 36 anos em 2022, respectivamente - e além dos dois jogadores já citados, a Bélgica pode também não contar também com Alderweireld (que terá 33) e Vermaelen (que terá 35).

Diego Costa

O brasileiro naturalizado espanhol, que defende a Fúria, terá 34 anos em novembro de 2022. O atacante balançou a rede três vezes pela Espanha no Mundial da Rússia: foram dois gols contra Portugal e um contra o Irã.

Keisuke Honda

O meia do Japão completará 36 anos em junho de 2022, o que liga um sinal de alerta a respeito de sua participação no Catar. Por sua seleção, o japonês disputou três edições de Copa do Mundo (2010 a 2018) e marcou um gol no Mundial da Rússia, no empate contra o Senegal.

Falcao García

Atacante da Colômbia, Falcao García disputou sua primeira - e, possivelmente, última - edição de Copa do Mundo em 2018. O jogador dos Los Cafeteros estará com 36 anos, idade que pode pesar no seu rendimento físico.

Daniel Alves

Caso tivesse entrado em campo, Daniel Alves seria o mais velho do grupo brasileiro na Rússia, com 35 anos. Entretanto, uma lesão no joelho direito deixou o lateral de fora da Copa, praticamente sacramentando sua aposentadoria da Seleção (pelo menos em Mundiais). O jogador brasileiro terá 39 anos em 2022.

São-paulino pressiona árbitro da final da Copa: 'Não é Corinthians'

Thiago Silva e Miranda

A dupla de zaga que foi titular com o Brasil em 2018 muito provavelmente não vestirá a camisa da Canarinho na próxima Copa, já que tanto Thiago quanto Miranda estarão com 37 anos. A convocação é absolutamente impossível? Não - Nilton Santos e Djalma Santos foram chamados com 37 anos para os Mundiais de 1962 e 1966, respectivamente -, mas é certamente improvável.

Mesut Özil

O meia foi um dos jogadores mais apagados da Alemanha na Copa de 2018. No Catar, Özil terá 34 anos. A idade não é absurda, mas pode ser um incentivo a mais para que o alemão decida não defender seu país: às vésperas do Mundial, o atual camisa 10 foi duramente criticado por ter posado para uma foto ao lado do presidente turco Recep Tayyip Erdogan. Passada a polêmica, o próprio pai do jogador disse que, caso fosse o filho, já teria optado pela aposentadoria.

Manuel Neuer

O goleiro da Alemanha completará 36 anos em março de 2022. A idade não seria absurda para um arqueiro disputar um Mundial, mas o próprio Neuer já ressaltou não ter certeza sobre sua participação no torneio no Catar.

Mercado da Bola: as novidades dos clubes na retomada do Brasileirão

Tim Cahill, da Austrália, anunciou aposentadoria
Tim Cahill, da Austrália, anunciou aposentadoria Tim Cahill, da Austrália, anunciou aposentadoria
Rafá Márquez, do México
Rafá Márquez, do México Rafá Márquez, do México
Mascherano, da Argentina
Mascherano, da Argentina Mascherano, da Argentina
Iniesta, da Espanha
Iniesta, da Espanha Iniesta, da Espanha
Messi, da Argentina
Messi, da Argentina Messi, da Argentina
Cristiano Ronaldo, de Portugal
Cristiano Ronaldo, de Portugal Cristiano Ronaldo, de Portugal
Giroud, da França
Giroud, da França Giroud, da França
Modric, da Croácia
Modric, da Croácia Modric, da Croácia
Luis Suárez e Edinson Cavani, do Uruguai
Luis Suárez e Edinson Cavani, do Uruguai Luis Suárez e Edinson Cavani, do Uruguai
Paolo Guerrero, do Peru
Paolo Guerrero, do Peru Paolo Guerrero, do Peru
Vincent Kompany, da Bélgica
Vincent Kompany, da Bélgica Vincent Kompany, da Bélgica
Jan Vertonghen, da Bélgica
Jan Vertonghen, da Bélgica Jan Vertonghen, da Bélgica
Diego Costa, da Espanha
Diego Costa, da Espanha Diego Costa, da Espanha
Keisuke Honda, do Japão
Keisuke Honda, do Japão Keisuke Honda, do Japão
Falcao García, da Colômbia
Falcao García, da Colômbia Falcao García, da Colômbia
Daniel Alves, do Brasil
Daniel Alves, do Brasil Daniel Alves, do Brasil
Thiago Silva, do Brasil
Thiago Silva, do Brasil Thiago Silva, do Brasil
Miranda, do Brasil
Miranda, do Brasil Miranda, do Brasil
Ozil, da Alemanha
Ozil, da Alemanha Ozil, da Alemanha
Neuer, da Alemanha
Neuer, da Alemanha Neuer, da Alemanha

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.