Clubes fazem ação nas redes sociais a favor da Lei do Mandante

Equipes tentam pressionar o Congresso para a aprovação da Medida Provisória que trata sobre o direito de transmissão dos jogos sob seu mando

MP editada por Bolsonaro pode perder validade

MP editada por Bolsonaro pode perder validade

Lance! Galerias

Flamengo, Palmeiras, Ceará e outros clubes brasileiros promovem nesta segunda-feira (14) uma ação nas redes sociais a favor da MP (Medida Provisória) 984, conhecida como a Lei do Mandante.

Em muitas das manifestações, os times convocam o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) a se unir a eles no movimento. Times de fora da Série A, como Juventude e Cascavel, também participam da ação.

A lei diz que passa a pertencer apenas ao clube mandante o direito de arena e transmissão dos jogos sob seu mando. Anteriormente, o direito pertencia às duas entidades esportivas participantes do evento. Ou seja, para uma emissora transmitir a partida, os dois clubes precisavam ter contrato com o canal.

Deputados e senadores têm 60 dias, prorrogáveis por mais 60, para tomar a decisão. Caso eles não pautem a matéria, a lei perderá a validade.

A medida provisória foi editada após uma visita do Flamengo, Rodolfo Landim, ao presidente Jair Bolsonaro no início do mês de julho.

Neymar e muitos outros: relembre episódios de racismo no futebol