Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Após eliminação na Libertadores, Atlético-MG pega o Bahia no Brasileirão prometendo vida nova

Time mineiro mira uma vaga na Libertadores de 2024, enquanto o Bahia briga contra o rebaixamento

Esportes|Do R7


Atlético-MG, de Felipão, e Bahia, de Renato Paiva, se enfrentam neste domingo (13)
Atlético-MG, de Felipão, e Bahia, de Renato Paiva, se enfrentam neste domingo (13)

Ainda sob o impacto da eliminação nas oitavas de final da Copa Libertadores pelo Palmeiras, o Atlético-MG volta as atenções para o Brasileirão, onde, apesar de vir de vitória, está em baixa na tabela. Em casa, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), o time recebe o Bahia, neste domingo (13), às 11h, em jogo válido pela 19ª e última rodada do primeiro turno.

Atualmente com 24 pontos, o Atlético-MG iniciou a rodada como décimo colocado e até está na zona de classificação para a Sul-Americana de 2024, mas antes de vencer o São Paulo na rodada passada, por 2 a 0, vinha em um jejum de oito jogos. Agora, o principal objetivo na temporada é conquistar a vaga na Libertadores do ano que vem pelo Brasileirão.

O técnico Felipão tem dois desfalques para armar o Atlético-MG. O zagueiro Igor Rabello e o meia Hyoran sofreram lesões musculares no duelo contra o Palmeiras e estão sob os cuidados do departamento médico, ainda sem data prevista para o retorno.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

Igor Rabello está com uma lesão no posterior da coxa direita, enquanto Hyoran sofreu uma lesão muscular no adutor da coxa direita. O meia Zaracho é outro jogador que segue no departamento médico em recuperação de uma lesão muscular. O lateral-direito Saraiva, suspenso, também é baixa.

Publicidade

De qualquer forma, Felipão foi enfático ao falar que o Atlético-MG não pensa no título e sim na classificação para a Libertadores."Temos que manter os pés no lugar e saber disso. Temos que passar isso para a nossa direção e para o torcedor. São 20 pontos. É igual na briga contra o rebaixamento. Ganha uma partida, respira, mas os outros também ganham. É horrível. Lógico que queríamos ser campeões, mas é quase impossível."

Com 18 pontos, o Bahia vive um momento completamente diferente. Apesar de vir embalado por três jogos sem derrota e por uma vitória na última rodada, por 3 a 1, em cima do lanterna América-MG, está brigando contra o rebaixamento.

Publicidade

Leia também

O técnico português Renato Paiva deve mandar o Bahia a campo com o que tem de melhor em mãos. O goleiro Danilo Fernandes e o atacante Biel seguem fora, eles estão na reta final do processo de recuperação física, enquanto o jovem Kayky está lesionado. A formação inicial deve ser a mesma que venceu o América-MG.

O atacante Rafael Ratão, contratado recentemente, tem chances de começar jogando. Confirmado entre os titulares, o meia Thaciano falou sobre a chegada dos reforços e a necessidade de vencer o Atlético-MG.

"É um jogo de suma importância para a gente no campeonato, depois de uma sequência não muito boa que a gente estava vindo. Agora é dar sequência, a gente precisa pontuar para sair dessa fase. Sempre bom, isso fortalece o grupo. São jogadores de qualidade que chegaram para somar e dar força no grupo, para que a gente consiga nosso objetivo no final da temporada."

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.