Esportes Zagueiro do Corinthians, Raul dedica primeiro gol à irmã morta em acidente

Zagueiro do Corinthians, Raul dedica primeiro gol à irmã morta em acidente

O zagueiro Raul, do Corinthians, dedicou neste domingo o primeiro gol marcado no time profissional em memória da irmã mais velha. O jogador abriu o placar na vitória por 2 a 0 sobre o Santos, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista, e usou o momento especial para homenagear Fabíola, que faleceu ano passado aos 25 anos vítima de um acidente de carro em Minas Gerais em julho.

"Estou muito feliz, quero agradecer a Deus. Eu já estava com esse pensamento de homenagear minha irmã, procuro dar o melhor por ela. Feliz pelo primeiro gol no profissional", disse o jogador de 22 anos ao canal Première. Raul usa por baixo do uniforme uma camisa com a foto de Fabíola. O defensor até chorou ao comemorar o gol, marcado ainda no primeiro tempo.

Além de Raul, o clássico foi a chance para outro garoto do Corinthians marcar pela primeira vez como profissional. O lateral-esquerdo Lucas Piton, de 20 anos, cobrou a falta que aumentou o placar e confirmou a vitória do time por 2 a 0. "Muito feliz pelo gol e pela vitória. Mais um dia feliz na minha vida. Foi o meu primeiro gol no profissional e uma vitória grandiosa do Corinthians", afirmou.

O lateral disse que se lembrava da última vitória do Corinthians diante do Santos na Vila Belmiro pelo Campeonato Paulista. Na decisão de 2009, o jogador era uma criança de apenas oito anos quando viu Ronaldo marcar na vitória por 3 a 1 pelo primeiro jogo da final. Piton contou que viu a partida ao lado do pai e até hoje tem essa memória como uma das mais especiais.

Após a vitória sobre o Santos, o Corinthians tem pela frente agora a Copa Sul-Americana. A equipe alvinegra recebe na quinta-feira o Peñarol, do Uruguai, pela segunda rodada da competição. Na estreia, o time do técnico Vagner Mancini empatou sem gols no Paraguai contra o River Plate-PAR.

Últimas