Esportes Tuchel diz que Lukaku pediu desculpas e reintegra atacante ao elenco do Chelsea

Tuchel diz que Lukaku pediu desculpas e reintegra atacante ao elenco do Chelsea

O técnico alemão Thomas Tuchel colocou um ponto final na polêmica com Romelu Lukaku e anunciou nesta terça-feira a reintegração do atacante belga aos trabalhos junto com o restante do elenco do Chelsea. A polêmica teve início no último final de semana após ó jogador dizer em entrevista que "não estava muito feliz com sua situação" no clube inglês, já que o treinador vinha preferindo jogar com "uma formação diferente" da que esperava.

"O Romelu Lukaku pediu desculpa e está de volta à equipe. Para mim foi importante ter percebido que a entrevista não foi algo intencional da sua parte. Não é algo tão grave como as pessoas querem que seja. Sim, não é nada pequeno, mas podemos estar tranquilos e aceitar o seu pedido de desculpas. Ele está bem ciente do que aconteceu e sentiu a responsabilidade de 'limpar' a confusão que criou. Talvez possa sentir algum efeito por causa disso, mas ele aguenta. Não tem outra escolha, é um jogador nosso", disse Tuchel.

O atacante belga ainda revelou que gostaria de retornar à Internazionale, time italiano que deixou na última temporada e foi uma das principais transferências no mercado da bola, sendo vendido por 115 milhões de euros (R$ 728,7 milhões na cotação atual).

Virada a página, Tuchel assegura esperar que Lukaku seja o mesmo de sempre. "Não tenho qualquer dúvida quanto ao seu comprometimento para com a equipa. Por isso a situação foi tão surpreendente, pois ele nunca criou nenhum problema. É um rapaz muito emocional. Espero que os adeptos posso aceitar isto e apoiar a equipa. É hora de seguir em frente", afirmou.

A polêmica interessava muito ao Palmeiras, que pode enfrentar o clube inglês na final do Mundial de Clubes da Fifa. O time alviverde estreia na competição contra o vencedor de Al Ahly (Egito) x Monterrey (México). Já o Chelsea, outra equipe que já inicia na semifinal, enfrenta o vencedor da partida entre Al-Hilal (Arábia Saudita) e quem se classificar no playoff entre Al-Jazira (Emirados Árabes Unidos) x Pirae (Taiti).

A disputa do Mundial acontece entre os dias 3 e 12 de fevereiro. A sede será a cidade de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Últimas