Esportes Torcedores do São Paulo fazem protesto em desembarque da equipe após derrota

Torcedores do São Paulo fazem protesto em desembarque da equipe após derrota

Um grupo de cerca de 50 torcedores do São Paulo foi ao aeroporto de Guarulhos protestar contra o time e a diretoria do clube no desembarque da equipe após a derrota para o Vasco por 2 a 1, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, em São Januário.

Membros de uma torcida organizada do clube tinham como alvos o técnico Fernando Diniz, o diretor de futebol do clube, Raí, outros membros da diretoria do clube e o elenco. "Raí, pede para sair" foi um dos gritos entoados, enquanto os jogadores foram chamados de "pipoqueiros". Por conta dos protestos, a delegação são-paulina precisou ser escoltada no aeroporto, que tinha grande presença de policiais no local.

A pressão no São Paulo segue alta após a eliminação para o Mirassol nas quartas de final do Campeonato Paulista. Na primeira rodada do Campeonato Brasileiro, o jogo do clube foi adiado por conta de uma série de casos de covid-19 no adversário da ocasião, o Goiás. Contra o Fortaleza, mesmo com a vitória, torcedores foram para a frente do Morumbi protestar contra o futebol apresentado pela equipe.

Neste domingo, o São Paulo chegou a pressionar o Vasco no começo dos dois tempos, mas foi a equipe carioca que abriu o placar com Germán Cano. O argentino também fez o segundo do time cruzmaltino. Reinaldo descontou ao converter um pênalti marcado nos acréscimos.

Últimas