Esportes Tiago Nunes vê 'bom futebol' do Corinthians, mas se preocupa com baixa pontuação

Tiago Nunes vê 'bom futebol' do Corinthians, mas se preocupa com baixa pontuação

Para o técnico Tiago Nunes, o Corinthians teve uma boa atuação no clássico diante do São Paulo, que terminou com vitória do time tricolor por 2 a 1, na manhã deste domingo, no Morumbi. Na avaliação do treinador, o jogo da equipe foi "consistente" e o resultado positivo não veio por detalhes.

Pressionado no cargo, Tiago Nunes considerou que o duelo foi equilibrado. Para o técnico, faltaram mais atenção e concentração em alguns momentos. O revés foi confirmado com um gol sofrido aos 46 minutos da etapa final depois de a defesa do Corinthians deixar o jovem atacante Brenner livre na pequena área para cabecear.

"No meu ponto de vista, jogamos um bom futebol. Clássico é um jogo duro, emocionalmente difícil. Conseguimos fazer uma partida equilibrada com o São Paulo. Eles têm dominado aqui dentro, fazendo volume de jogo. Equilibramos esse volume a maior parte do tempo. Faltou resultado. Tivemos uma atuação consistente em se tratando de um clássico", avaliou o treinador.

"Em outras, não jogamos bem, mas tivemos resultado. Faltou um pouco de atenção nos últimos detalhes para não sofrer os gols. Tivemos chances claras de finalizar mais do que o São Paulo no segundo tempo. Faltou manter o nível de concentração. Um desgaste físico que te leva a desatenções", completou.

O Corinthians venceu apenas uma vez em cinco partidas disputadas no Campeonato Brasileiro. Com um jogo a menos, o time alvinegro ocupa 13ª colocação e soma cinco pontos, apenas a um da zona de rebaixamento. A equipe deve perder mais posições com os resultados das outras partidas deste domingo e a baixa pontuação preocupa o treinador.

"A pontuação preocupa. Sabemos da responsabilidade que é atuar e dirigir o Corinthians. Temos que buscar a parte cima da tabela. É um campeonato de perde e ganha. Ficaremos mais próximos da parte de cima com vitórias. Temos um jogo a menos. Temos que crescer em pontuação para melhorar", ressaltou.

Últimas