Esportes Técnico do Arsenal apoia David Luiz: 'Vou defendê-lo com tudo o que tenho'

Técnico do Arsenal apoia David Luiz: 'Vou defendê-lo com tudo o que tenho'

Uma falha, o pênalti cometido e a expulsão sofrida na derrota do Arsenal para o Manchester City, quarta-feira, no retorno do Campeonato Inglês, após a pandemia do novo coronavírus, não diminuíram a credibilidade do zagueiro David Luiz com o técnico Mikel Arteta do time londrino.

"Pessoalmente, vou defendê-lo com tudo o que tenho, porque acredito nele. Ele tem-me mostrado muitas coisas e a carreira dele fala por si", afirmou o treinador espanhol. "Ele é muito aberto. É um homem, um líder e tinha a certeza de que ele falaria diante de todo o grupo, como fez no vestiário (depois do jogo com o City). Ele foi muito direto. É isso que valorizo nele, é o que eu gosto nele."

Ao mesmo tempo, Arteta não garantiu a permanência do jogador brasileiro após a temporada, quando chegará ao fim o seu contrato com o Arsenal. "Não sei. Nós não podemos esquecer da situação financeira, a forma como a covid-19 atingiu todos os clubes e a economia em geral. Vai ter um impacto. O que o clube tem de fazer é avaliar a situação e tentar esclarecer muitas incertezas que temos no futuro."

Após a partida David Luiz assumiu os erros e pediu desculpas para o elenco do Arsenal. Ele estava no banco de reservas, mas precisou substituir Pablo Marí, que saiu contundido. O brasileiro, de 33 anos, está na Europa desde 2007, quando se transferiu do Vitória-BA para o Benfica. Jogou também pelo Chelsea (sua melhor fase) e Paris Saint-Germain.

Últimas