Esportes Técnico da Itália, Roberto Mancini abre portas para Balotelli: 'Ainda há tempo'

Técnico da Itália, Roberto Mancini abre portas para Balotelli: 'Ainda há tempo'

Técnico da seleção da Itália, Roberto Mancini nunca escondeu a sua admiração pelo atacante Mario Balotelli. Nesta terça-feira, o comandante voltou a cogitar um retorno do jogador para a equipe nacional. "As portas estão abertas. Mario ainda é o jogador italiano com as melhores qualidades técnicas. Ele perdeu um pouco (de tempo), mas segue jovem, está com 30 anos", disse em entrevista à emissora de TV Italia 1.

Mancini, que treinou o atacante italiano durante passagem pelo Manchester City e pela Inter de Milão, já o convocou algumas vezes para a seleção. Mas esta pode ser uma das últimas grandes oportunidades do atacante na equipe, uma vez que o técnico deixará o cargo após a Copa do Mundo de 2022, no Catar.

Balotelli atua pelo Monza, da segunda divisão italiana. Por lá, vem sofrendo com lesões. Atuou em apenas uma partida, contra a Salernitana, em dezembro, e marcou um dos gols na vitória por 3 a 0. Teve a assistência do lateral-esquerdo Carlos Augusto, ex-Corinthians.

Sobre sua saída da seleção, Mancini disse que a decisão está tomada. "Vou deixar a seleção depois do Mundial de 2022. Vou voltar a treinar um clube , disse o técnico italiano, que não tem ideia de quem pode ser o seu substituto.

"Não sei. Temos muitos treinadores que podem ser escolhidos. Por exemplo (Massimiliano) Allegri, (Carlo) Ancelotti ou (Gian Piero) Gasperini. Eles podem comandar a seleção", finalizou o treinador.

Mancini assumiu o comando da seleção italiana em 2018, pouco depois da Copa do Mundo na Rússia - competição que o país não disputou. Em 20 jogos obteve 14 vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas. Destes 14 triunfos, 10 foram nas Eliminatórias da Eurocopa, na qual a Itália se classificou sem qualquer dificuldade.

Últimas