Esportes Técnico campeão da Supercopa do Brasil Sub-17 faz elogios a Menta no São Paulo

Técnico campeão da Supercopa do Brasil Sub-17 faz elogios a Menta no São Paulo

Em uma final com duelo entre tricolores, o São Paulo se deu melhor e foi campeão da Supercopa do Brasil Sub-17. O título veio na noite de quarta-feira com a vitória nos pênaltis por 4 a 2, após empate por 1 a 1 no tempo normal, sobre o Fluminense, na Arena Pantanal, em Cuiabá. É a primeira taça da competição para o time paulista na história.

Para conseguir esse feito, o São Paulo teve o trabalho de um técnico que não faz mais parte da equipe sub-17, mas que foi lembrado por todos. O time foi comandado na final por Mário Ramalho, que entrou no lugar de Menta, promovido à equipe profissional como auxiliar de Marcos Vizolli, convocado para a vaga do demitido Fernando Diniz.

"A gente precisa ressaltar o trabalho do Menta, que tem todo o mérito de trazer uma identidade para essa equipe. Minha missão é centrar esses meninos durante esse período", afirmou Mário Ramalho. Esse foi o título de número 74 da base na era Cotia (desde 2005), troféu que coroa o São Paulo como melhor equipe sub-17 do Brasil na temporada de 2020.

No jogo, João Adriano marcou para o São Paulo e Justen conseguiu o empate para o Fluminense. Na disputa por pênaltis, Caio Amaral e Lucas Felipe desperdiçaram as cobranças do time carioca e o paulista, convertendo todas os chutes, garantiu o título com o placar de 4 a 2.

Últimas