Masvidal admite preferência por duelo contra McGregor, mas ressalta: ‘Se não quiser, me deixe em paz’

Com três vitórias consecutivas, sobre Darren Till, Ben Askren e Nate Diaz – todas elas por nocaute... The post Masvidal admite preferência por duelo contra McGregor, mas ressalta: ‘Se não quiser, me deixe em paz’ appeared first on TATAME.

Com três vitórias consecutivas, sobre Darren Till, Ben Askren e Nate Diaz – todas elas por nocaute -, Jorge Masvidal vive o melhor momento de sua carreira no Ultimate. Dono do cinturão “BMF” (lutador “mais casca-grossa”) e atual terceiro colocado no ranking meio-médio do UFC, o americano é um dos cotados para ser o próximo desafiante ao título da categoria, que atualmente pertence a Kamaru Usman.

Sabendo que está em alta na organização, Masvidal analisa de forma cautelosa as melhores opções para a sequência de sua carreira. Em entrevista a ESPN americana, o “Gamebred” afirmou que estaria disposto a enfrentar Conor McGregor antes de disputar o cinturão dos meio-médios diante de Usman. Vale ressaltar que o irlandês, ex-campeão peso-pena e leve do Ultimate, retorna à franquia no próximo dia 18 de janeiro, justamente na divisão dos meio-médios, em luta contra Donald Cerrone.

“(Eu escolheria) A luta com Conor, porque a luta com Conor não vai estar lá (para sempre). (Kamaru Usman) sempre vai estar lá… A coruja, seja lá como estão chamando ele. Essa luta contra Usman sempre vai estar lá. Alguém sempre vai ter aquele cinturão. Então, não é grandes coisas. Eu quero essa luta (contra Conor McGregor) porque é uma luta de grande dinheiro. É um ex-campeão de duas divisões, ele tem um cartel impressionante e vem para lutar. Nós dois vamos vender todos os ingressos onde quer que estejamos lutando e vai ser violento. Mas, se o cara não quer lutar, eu não sou um valentão. Vá fazer o seu negócio. Se ele não quer lutar, eu não dou a mínima. Não quer, tudo bem, mas não fique me provocando. Se não quiser lutar, me deixe em paz”, disse Masvidal, que também falou sobre o possível combate contra Kamaru Usman em disputa de título no meio-médio.

“Se depender de mim, todo mundo vai receber. Especialmente aquele cara da coruja (Kamaru Usman). Vou partir em uma caça de coruja, quero sopa de coruja. Esse cara é um pouco desrespeitoso. (…) Vamos entrar naquele ringue e você vai descobrir quem eu sou, irmão. Eu vou me apresentar para você, com prazer”, concluiu Masvidal.

The post Masvidal admite preferência por duelo contra McGregor, mas ressalta: ‘Se não quiser, me deixe em paz’ appeared first on TATAME.