Empolgada para dividir o octógono com compatriota, Vivi Araújo projeta próxima luta no UFC: ‘Vencendo entro no Top 5’

* Após três lutas, a brasileira Viviane Araújo conheceu sua primeira derrota no UFC – e segunda... The post Empolgada para dividir o octógono com compatriota, Vivi Araújo projeta próxima luta no UFC: ‘Vencendo entro no Top 5’ appeared first on TATAME.

* Após três lutas, a brasileira Viviane Araújo conheceu sua primeira derrota no UFC – e segunda como profissional de MMA – em dezembro do ano passado, quando pisou pela última vez no octógono. Na ocasião, a peso-mosca foi superada por decisão unânime pela americana Jessica Eye, no UFC 245.

Quase seis meses depois, Vivi se prepara para retornar ao octógono em busca de apagar o revés para Eye. Sua adversária será a compatriota Jennifer Maia, que também vem de derrota e quer se recuperar na divisão dos moscas. O duelo está marcado para o dia 27 de junho, novamente no UFC Apex, palco dos eventos da organização em Las Vegas, Estados Unidos, durante a pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista à TATAME, Viviane analisou as armas da rival e, perguntada sobre se importar de enfrentar outra brasileira, mostrou empolgação: “Não conheço a Jennifer pessoalmente, mas fico feliz e empolgada em dividir o octógono com uma atleta dura! Não vejo outro duelo melhor que este”, disse Vivi, completando:

“Sei que ela é oriunda do Muay Thai e gosta de fazer um jogo mais amarrado na grade, uma atleta bastante experiente e boa de trocação. Porém, estou indo com todas as minhas armas para fazer uma grande luta”.

Para conquistar o resultado positivo contra Jennifer Maia, a lutadora de 33 anos aposta em um camp de primeira qualidade realizado na equipe Cerrado MMA – em Brasília – que, segundo ela, sofreu poucas mudanças apesar do fechamento das academias e da recomendação das autoridades de isolamento social.


“Para mim, felizmente, não afetou em nada. Um pouco antes de iniciar a quarentena eu tinha acabado de assinar o contrato da minha próxima luta com data definida para o dia 27 de junho, e conseguimos manter a mesma data. Só ajustamos a logística dos treinamentos, mas a qualidade se manteve. Conto com uma equipe que me dá todo o suporte necessário para que eu me mantenha sempre em alto nível. O que mudou foi o número de parceiros de treinos, que tem sido limitadíssimo, além dos outros cuidados necessários”.

Atualmente em oitavo lugar no ranking peso-mosca feminino do Ultimate, a brasileira aposta que uma vitória sobre Jennifer, quinta colocada, a coloque no Top 5 das melhores, e promete não medir esforços.

“Eu me sinto muito confortável e confiante para ir até lá e fazer o que tem que ser feito, executar de forma expressiva o trabalho de um camp bem feito. Venho fazendo um ótimo trabalho, meu camp está rolando a todo vapor e estamos ajustando todas as possíveis brechas para sair com a vitória. É um confronto importantíssimo. Com a vitória entro para o Top 5 e fico mais perto da disputa de cinturão”, encerrou.

* Por Diogo Santarém

The post Empolgada para dividir o octógono com compatriota, Vivi Araújo projeta próxima luta no UFC: ‘Vencendo entro no Top 5’ appeared first on TATAME.