Com lutas importantes no Brasil e na Rússia, equipe Fusion Fight tem final de ano decisivo no MMA; veja

O final de ano dos atletas da equipe carioca Fusion Fight, que une Chute Boxe e Gracie... The post Com lutas importantes no Brasil e na Rússia, equipe Fusion Fight tem final de ano decisivo no MMA; veja appeared first on TATAME.

O final de ano dos atletas da equipe carioca Fusion Fight, que une Chute Boxe e Gracie Barra, promete muitas emoções; e, se tudo sair conforme planejado pelos treinadores, muitas glórias também. No próximo dia 14, o peso-mosca Charles Blackout defende a bandeira da equipe no ACA 103, em São Petersburgo, na Rússia; antes, mais precisamente nesta sexta-feira (6), o peso-galo Caionã Blade entra em ação no Future MMA, em São Paulo.

Embalado por um nocaute devastador no primeiro round sobre Raul Biano em sua última apresentação, no Future MMA 8, em agosto, Caionã Blade retorna ao decágono mais famoso do Brasil para medir forças contra o falador Vinicius Prego Lok Dog, adepto do estilo McGregor de promoção. Plácido como as margens do rio Ipiranga, o carioca afirma que não se deixou levar pelas provocações.

“Estou focado no que vou fazer, mas estou atento aos detalhes do Prego. Ele fala muito, gosta de provocar, mas, sinceramente, eu acho engraçado o que ele fala (risos). Estou me divertindo de verdade. Vi uma entrevista dele para um canal e fiquei rindo. Confesso que esperava uma provocação mais hostil”, destaca Blade. “Quero uma vitória convincente para ganhar uma oportunidade de lutar lá fora. Já até tive algumas propostas, mas no momento o foco é o Future. Não tenho pressa, meus pés estão no chão e eu sei que a minha hora vai chegar.”

Em alta na Rússia, Charles Blackout busca a terceira vitória consecutiva no país. Depois de vitimar o até então invicto Kasum Kasumov e a promessa local Valeryi Khazhirokov, respectivamente, o cearense de Santa Quitéria volta sua mira para o daguestanês Kurban Gadzhiev, que pode alçá-lo a voos mais altos no tradicional evento russo.

“Mais uma vez vou pegar um cara bem duro. Não tem surpresa. Na minha primeira luta me deram um adversário que havia vencido nove lutas e perdido nenhuma, e era da mesma academia do Khabib Nurmagomedov. Já fiz luta principal lá, já nocauteei, já venci atleta da casa por decisão, o que é o mais difícil. Ou seja, estou bem experimentado. Agora enfrento um atleta ranqueado e tudo indica que esta vitória vai me aproximar do meu objetivo na Rússia, que é o cinturão”, declarou Blackout.

The post Com lutas importantes no Brasil e na Rússia, equipe Fusion Fight tem final de ano decisivo no MMA; veja appeared first on TATAME.