Esportes Sylvinho usará semana livre para aprimorar mais o quarteto de reforços corintiano

Sylvinho usará semana livre para aprimorar mais o quarteto de reforços corintiano

O Corinthians desencantou contra o Palmeiras após quatro tropeços seguidos no ano e agora terá outra pedra no sapato pela frente. No sábado, o time visita o Red Bull Bragantino, candidato direto pelo quinto lugar e a quem não venceu no ano. Sylvinho terá a semana livre para ajustar ainda mais o seu quarteto de reforços, que foi bem na estreia, para confronto direto pelo quinto lugar.

Diante do Palmeiras, Renato Augusto, Giuliano, Willian e Roger Guedes foram bem, mas tirando o atacante, os outros três acabaram substituídos. Os meias ainda aprimoram o físico e Sylvinho usará a semana para isso. O técnico gostou de tê-los lado a lado e espera dar mais tempo de jogo ao quarteto.

Renato Augusto é quem mais sofre ainda com o tempo parado. Além de aumentar o fôlego de seus reforços, Sylvinho usará os trabalhos para também armar a estratégia a utilizar em Bragança Paulista. Em três jogos no ano contra o oponente, o Corinthians sofreu muito para criar, perder no primeiro turno do Brasileirão, por 2 a 1, além de empatar outras duas vezes sem gols.

"Montamos um time para ter posse de bola por dentro e velocidade por fora. Montamos com a intenção de ter qualidade no meio-campo, uma primeira saída bem limpa para poder usufruir do jogo. Funcionou muito bem (no clássico), o Cantillo foi um grande jogador", disse Sylvinho, feliz com o apresentado no Dérbi.

Sem esconder que trabalha de acordo com o rival, e novamente impossibilitado de escalar Gabriel, suspenso, o treinador terá quatro trabalhos na semana para buscar a melhor configuração para frear um rival que adora partir para a pressão e é uma das surpresas do Brasileirão. "Temos de estudar o que teremos pela frente."

Querendo vaga na Libertadores e, de preferência, sem passar pela fase prévia, o Corinthians vai tentar ganhar as posições de Bragantino e Fortaleza no campo. Para isso, ganhar o confronto direto no segundo turno será de vital importância após perder para ambos antes de receber os reforços. Com o quarteto cada dia mais "entrosado", Sylvinho acredita ser possível terminar entre os quatro melhores.

Últimas