Esportes Sylvinho diz que Corinthians sofreu gol com um a mais pois se expôs: 'É do jogo'

Sylvinho diz que Corinthians sofreu gol com um a mais pois se expôs: 'É do jogo'

O gol sofrido pelo Corinthians neste domingo, quando o time vencia o Fluminense por 1 a 0, com um homem a mais a campo, deixou o técnico Sylvinho triste, mas ele considera que o desfecho construído em São Januário não foi anormal. Em coletiva de imprensa após a partida, o treinador corintiano afirmou que sofrer um gol em cenários como esse "é do jogo".

"Nós ficamos expostos, como qualquer outro time ficaria exposto. Contra um adversário com um a menos, você vai buscar o resultado e aí você se expõe, você não consegue fazer a transição em todos os momentos. Nós queríamos buscar o resultado, e o jogo ficou perigoso. É do jogo", avaliou o treinador.

O time paulista abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo, em cobrança de pênalti de Jô. Logo no início do segundo tempo, aos quatro minutos, Abel Hernández recebeu cartão vermelho e deixou o Fluminense em desvantagem no número de jogadores, o que não impediu que Cazares marcasse, aos 24 minutos, contra sua ex-equipe.

O empate por 1 a 1 impediu que o Corinthians desse sequência à reação iniciada no meio da semana, com a vitória por 2 a 1 sobre o Sport, na Neo Química Arena. Por isso, Sylvinho, que só conseguiu vencer duas vezes no comando do time, afirmou que desceu para os vestiários com um sentimento de tristeza.

"Não sei se decepcionado, mas triste sim. Eu vi desta maneira, construímos um primeiro tempo bom, estávamos organizados e em transições ofensivas com passes e algumas vezes com inversão. Tivemos sim essa sensação. O campeonato é longo, é difícil, o adversário fez mudanças. Saímos tristes pela possibilidade de ter saído com a vitória. Lutamos até o fim, ficamos expostos, mas faz parte do campeonato. A palavra é triste", comentou.

Com 11 pontos, brigando no meio da tabela, o Corinthians vai em busca de uma reação no próxima quarta-feira, quando recebe o São Paulo na Neo Química Arena, em clássico válido pela oitava rodada do Brasileirão.

Últimas