Esportes Sylvinho celebra desfecho positivo após estratégia questionada: 'Funcionou bem'

Sylvinho celebra desfecho positivo após estratégia questionada: 'Funcionou bem'

A escalação de Cantillo na contenção do meio de campo no lugar de Gabriel, suspenso, gerou insegurança em parte da torcida do Corinthians, mas a escolha do técnico Sylvinho teve um desfecho positivo no dérbi deste sábado contra o Palmeiras. A formação funcionou bem, principalmente durante o primeiro tempo, quando o time alvinegro foi superior e ajudou a construir a vitória por 2 a 1 sobre o rival, em jogo válido pela 22.ª rodada do Brasileirão, para a alegria do treinador.

Segunda a avaliação de Sylvinho, a participação de Cantillo, substituído aos 33 minutos do segundo tempo, foi essencial. O técnico corintiano se mostrou muito satisfeito com a atuação do colombiano e explicou a razão de ter optado por ele em vez de Xavier para suprir a ausência de Gabriel. A ideia era mesmo mudar as características do meio de campo.

"Nós tivemos uma montagem de equipe, um trabalho bem árduo. Ao nos mobilizar por um primeiro volante, nossa primeira escolha era o Cantillo. Montamos um time para ter posse de bola por dentro e velocidade por fora. Desde o principio foi essa a intenção: ter uma saída bem limpa e poder usufruir do jogo. Funcionou bem, Cantillo deu muita fluência ao time. Xavier é um excelente jogador, mas de um corte mais defensivo, hoje no final salvou uma bola muito boa, de primeiro pau. Tem sido muito importante", avaliou.

Outra escolha que mostrou bons resultados foi a de montar a escalação sem um centroavante clássico. Sylvinho optou por colocar Renato Augusto, reserva na rodada passada, como titular, e manteve o jovem Gabriel Pereira no time, decisão que custou a vaga de Jô entre os onze iniciais. O meia de 20 anos teve uma atuação de muita personalidade no clássico e saiu da Neo Química Arena como um dos melhores da partida.

"É um grande atleta, tem uma capacidade de crescimento e temos que aproveitar o rendimento bom dele, ele tem começado os jogos, ele já exerceu essa função no amador, a gente vai buscando o histórico dos atletas", disse o treinador. É importante trabalhar com jovens da base, com olho brilhando, essa mistura com outros que estão no grupo e já venceram até Mundial. É uma maravilha fazer parte da construção desse time e ter essa oportunidade que eu tenho. Meus olhos brilham em poder responder que todos estão respondendo muito bem", completou.

Com a vitória sobre o Palmeiras, o Corinthians encerrou uma série de três empates e chegou ao oitavo jogo sem derrotas. Agora com 33 pontos, segue na sexta colocação, sem chance de sair do G6 nesta rodada. O próximo jogo será contra o Red Bull Bragantino, no sábado que vem, em Bragança Paulista (SP).

Últimas