Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Sport bate o Avaí com 'público exclusivo' e encosta nos líderes da Série B

|Do R7


O Sport segue em alta e, cada vez mais, confirmando o seu favoritismo ao título da Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta noite na Ilha do Retiro, no Recife, venceu por 2 a 1 o Avaí, em jogo válido pela 11ª rodada. Mesmo com nove jogos disputados, dois a menos do que a maioria dos seus concorrentes, o time pernambucano já tem 20 pontos e está perto dos primeiros colocados.

Esta foi a terceira vitória seguida e última vez que o Sport jogou para um público diferente, formado por mulheres, crianças e PCDs (deficientes). Tudo por causa da punição do STJD devido a invasão em campo de torcedores em jogo contra o Vasco, na temporada passada. Sem cobrar ingressos, as bilheterias registraram um público de 18.699 torcedores.

O Avaí, que não vence há seis jogos, com quatro derrotas e dois empates, segue com apenas oito pontos, em 18º lugar e na zona de rebaixamento.

Nem bem a torcida tinha sentado nas arquibancadas e o Sport marcou o primeiro gol, aos três minutos. Jorginho cobrou o escanteio com efeito e o goleiro Igor Vinhas tentou dar um soco na bola. Mas ela tocou num zagueiro e sobrou para Fabrício Daniel, que deu um leve toque, mesmo caído, para fazer 1 a 0.

Publicidade

Esta vantagem deu ainda maior tranquilidade ao time da casa, que foi soberano em campo. Poderia, inclusive, ter ampliado o placar, porém, exagerou nos toques de bola e finalizou menos do que deveria. De outro lado, o Avaí chegou pouco no ataque e, quando conseguiu, arriscou chutes de longe, porém, sem perigo.

No segundo tempo, o Sport não deu tempo para uma reação do Avaí, porque aos dois minutos saiu o segundo gol. Desta vez numa bela triangulação no ataque, com Vagner Love dando um drible de corpo na marcação e dando passe curto para Jorginho, na frente da grande área. De primeira, ele toque de lado para Luciano Juba, que entra em velocidade, dribla o goleiro e estufa as redes.

Publicidade

Com o ‘jogo dominado’ o Sport relaxou um pouco na marcação e o Avaí mostrou disposição para tentar atacar. Mas não criou nenhuma grande chance que exigisse uma grande defesa do seguro goleiro Renan. O Sport ‘tirou o pé’ e o técnico Enderson Moreira começou a gritar com seus jogadores para buscar mais gols.

O castigo veio no final, quando o Avaí diminuiu o placar aos 46 minutos, num pênalti bem cobrado por Waguininho. Ele, no lance da falta, se chocou com Eduardo e provocou o pênalti. Nos cinco minutos de acréscimos, o Avaí ainda teve uma grande chance num chute forte de Gustavo Santos e que Renan saltou para espalmar. Passado o susto, muita festa após o apito final.

Publicidade

No domingo, o Sport vai tentar manter sua ascensão em Campinas, onde vai enfrentar a Ponte Preta, a partir das 11h, no Estádio Moisés Lucarelli e pela 12ª rodada. O Avaí vai receber o Botafogo, domingo, a partir das 15h30, na Ressacada.

FICHA TÉCNICA

SPORT 2 X 1 AVAÍ

SPORT - Renan; Eduardo, Rafael Thyere, Sabino e Igor Cariús (Felipinho); Ronaldo Henrique, Fabinho (Fábio Matheus) e Jorginho (Gabriel Santos); Fabrício Daniel (Edinho), Vagner Love e Luciano Juba. Técnico: Enderson Moreira.

AVAÍ - Ygor Vinhas; Thales Oleques, Alan Costa e Didi (Roberto); Igor (Felipinho), Giva Santos, Jean Cléber (Xavier) e Natanael; Dentinho (Gustavo Santos), Patiño (Gustavo Modesto) e Waguininho. Técnico: Gustavo Morinigo.

GOLS - Fabrício Daniel, aos dois minutos do primeiro tempo. Luciano Juba, aos três, e Waguininho, pênalti, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Igor Cariús (Sport). Waguininho, Natanael e Igor (Avai).

ÁRBITRO - Yuri Elino Ferreira da Cruz (RJ)

RENDA - entrada grátis

PÚBLICO - 18.699 torcedores

LOCAL - Ilha do Retiro, no Recife (PE).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.