Esportes Sorteio coloca Djokovic, Nadal e Federer no mesmo lado da chave em Roland Garros

Sorteio coloca Djokovic, Nadal e Federer no mesmo lado da chave em Roland Garros

A possibilidade de ter o "Big 3" do tênis mundial do mesmo lado da chave em Roland Garros, Grand Slam em Paris que começará neste domingo, acabou se concretizando no sorteio desta quinta-feira. Atual número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic poderá cruzar com o suíço Roger Federer já nas quartas de final e com o espanhol Rafael Nadal em uma eventual partida de semifinais.

Djokovic vai abrir campanha contra o americano Tennys Sandgren, enquanto que Federer fará o seu primeiro jogo contra um atleta vindo do qualifying e Nadal enfrentará o australiano Alexei Popyrin na primeira rodada. Avançando os três, quem deve ter mais trabalho na segunda rodada é o suíço, que pode cruzar com o croata Marin Cilic.

Cabeça de chave 1, Djokovic pode encarar ou o local Lucas Pouille ou o uruguaio Pablo Cuevas na segunda partida. Já o espanhol enfrentará com certeza um atleta da casa se passar da estreia, medindo forças com o vencedor do duelo 100% francês entre Hugo Gaston e Richard Gasquet.

No caminho de Federer rumo às quartas de final, quando pode cruzar com Djokovic, os principais perigos a partir da terceira rodada são o americano Taylor Fritz, o italiano Metteo Berrettini e o canadense Felix Auger-Aliassime, estes dois últimos podendo encarar o suíço nas oitavas.

Já para o sérvio, o francês Ugo Humbert pode pintar no terceiro jogo e o australiano Alex de Minaur, o belga David Goffin ou também francês Jo-Wilfried Tsonga são os mais cotados a aparecerem pela frente nas oitavas. Corre por fora o jovem italiano Lorenzo Musetti, que tem uma estreia duríssima com Goffin, cabeça de chave 13.

Em uma possível chegada à terceira rodada, Nadal tem tudo para encarar o italiano Lorenzo Sonego, 26.º pré-classificado. Nas oitavas ele pode ter pela frente mais uma vez em Paris o jovem italiano Jannik Sinner, com o francês Gael Monfils correndo por fora. Nas quartas, o argentino Diego Schwartzman, os russos Aslan Karatsev e Andrey Rublev e o georgiano Nikoloz Basilahsvili são os maiores desafios.

Único representante brasileiro na chave de simples, depois das derrotas de Felipe Meligeni e João Menezes na última rodada do qualifying, o cearense Thiago Monteiro conheceu nesta quinta-feira a sua chave na disputa no Grand Slam francês e terá uma árdua estreia pela frente.

O primeiro adversário será Milos Raonic, cabeça de chave 17. Monteiro defende a terceira rodada do ano passado e desafiará o canadense de 1,96 metro pela primeira vez no circuito profissional em busca da sexta vitória da carreira em Slam e da quarta no saibro parisiense.

Quem passar deste duelo entre Monteiro e Raonic enfrentará um americano na segunda rodada: o vencedor do embate entre Steve Johnson e Frances Tiafoe. Em uma eventual terceira rodada deve pintar pela frente o espanhol Pablo Carreño Busta e nas oitavas de final o grego Stefanos Tsitsipas, que pegou uma boa chave em Roland Garros.

FEMININO - Além de colocar o "Big 3" do mesmo lado da chave masculina, o sorteio de Roland Garros acabou deixando as duas últimas campeãs juntas na chave feminina. Atual número 1 do mundo, a australiana Ashleigh Barty poderá cruzar com a polonesa Iga Swiatek, cabeça de chave 8, nas semifinais.

Barty abrirá campanha no torneio contra a americana Bernarda Pera e não deve ter dificuldades antes das oitavas de final, quando pode encarar as também americanas Coco Gauff ou Jennifer Brady. Nas quartas, as rivais mais complicadas podem ser a checa Karolina Pliskova ou a ucraniana Elina Svitolina.

Atual campeã no saibro parisiense, Swiatek vai estrear contra a eslovena Kaja Juvan e depois cruza com Rebecca Peterson ou Shelby Rogers. Na terceira rodada, a estoniana Anett Kontaveit é a rival mais perigosa, com a local Kristina Mladenovic correndo por fora. Já nas oitavas, a polonesa pode ter pela frente a espanhola Garbiñe Muguruza, que abre contra a ucraniana Marta Kostyuk.

Últimas