Esportes Sob olhares de Messi, PSG vence o Strasbourg em clima de festa em Paris

Sob olhares de Messi, PSG vence o Strasbourg em clima de festa em Paris

Em dia de festa para os torcedores do Paris Saint-Germain, de volta com capacidade total no Parque dos Príncipes em razão do arrefecimento da pandemia da covid-19, a apresentação oficial e a presença de Lionel Messi no estádio já valeriam o ingresso. O argentino, contratado após saída dramática do Barcelona - depois de 20 anos no clube espanhol -, foi ovacionado pela torcida em Paris antes do jogo contra o Strasbourg, válido pela segunda rodada do Campeonato Francês. O PSG finalizou a comemoração na capital francesa ao vencer o Strasbourg por 4 a 2, assumindo a liderança do torneio com seis pontos.

O primeiro encontro do craque argentino com a torcida antecipou um jogo de atuação de gala da equipe de Mauricio Pochettino, mesmo sem alguns dos seus principais jogadores: Messi, Neymar, Di Maria, Paredes, Verratti, Donnarumma e Sergio Ramos, que foram poupados pelo treinador por terem participado da fase final de Eurocopa e Copa América.

O resultado foi construído já no primeiro tempo, com três gols anotados até aproximadamente a metade inicial. O atacante argentino Icardi abriu o placar logo aos dois minutos de jogo em finalização depois de belo lançamento de Diallo. Aos 24, Ajorque, atacante do Strasbourg, fez gol contra ao tentar desviar um chute, mas acabou não dando certo. Minutos depois, veio o terceiro do PSG em um contra-ataque matador puxado por Mbappé, que deu a assistência para o meia Draxler apenas empurrar para as redes do goleiro Sels.

Com um primeiro tempo de domínio absoluto dos donos da casa e que parecia que continuar após Mbappé dar trabalho para o golerio Sels já aos 2 minutos da segunda etapa, quando bateu cruzado e quase trouxe o quarto gol parisiense, o Strasbourg reagiu.

Quando o relógio marcava 8 minutos, Gameiro recebeu com um cabeceio o cruzamento que veio pela direita e mandou a bola direto para as redes de Navas, diminuindo a diferença.

O arranque da equipe seguiu com Bellegarde, que tentou um cruzamento para Ajorde sozinho próximo ao gol mas foi interceptado pela zaga do PSG. Aos 16 minutos, o time comandando por Pochettino sentiu a aproximação e, novamente, foi a vez de Mbappé e Sels duelarem, quando o atacante chegou com perigo à área após outra jogada de velocidade e cobrou outra belíssima defesa do goleiro adversário. Apenas dois minutos depois, Ajorde mostrou a que veio ao conseguir uma cabeceada para o gol, sem dar chance para Navas defender.

Após diminuição da vantagem, as duas equipes seguiam mais cautelosas, com o Strasbourg evitando atacar para não abrir chances para um PSG, naquele momento, com pouca criatividade. Aos 36 minutos, a temperatura esquentou com o segundo cartão amarelo de Djiku, que foi expulso após uma entrada dura em Icardi ao tentar desarmá-lo. Com um homem a menos, os visitantes não conseguiram conter o avanço parisiense e, aos 40 minutos, Sarabia recebeu mais um belo passe de Mbappé e não hesitou ao mandar a bola para dentro, definindo a vitória em 4 a 2.

O resultado de outro jogo importante da rodada, envolvendo o Lille, atual campeão do Campeonato Francês, surpreendeu - mas não teve festa do lado dos favoritos. O Nice atropelou por 4 a 0 os defensores do título, com dois gols de Dolberg, destaque na partida. Já é o segundo tropeço do Lille, que empatou na estreia do torneio e, agora, está na 16ª colocação.

Últimas