Esportes Sem receber desde junho, elenco do Avaí faz protesto e se nega a dar entrevistas

Sem receber desde junho, elenco do Avaí faz protesto e se nega a dar entrevistas

O Avaí vem de duas vitórias seguidas, ocupa a vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro e está a apenas três pontos do líder Coritiba, mas ainda assim vive uma crise interna. Os jogadores do clube catarinense estão sem receber e vetaram as entrevistas em sinal de protesto.

Os atletas não recebem há três meses. Os salários de junho e julho estão atrasados e, nesta sexta-feira, vencerá o de agosto. Em relação aos direitos de imagem, os atrasos são ainda maiores, desde fevereiro. Há casos de atletas remanescentes de 2020 que deveriam receber uma parcela de 60% dos salários de maio, junho e junho do ano passado, mas não viram a cor do dinheiro. As premiações também não estão sendo pagas.

A diretoria do Avaí ainda não se manifestou sobre a greve dos atletas. O clube, no entanto, confirma o atraso salarial.

Com 33 pontos, o Avaí voltará a campo já nesta sexta-feira, às 19 horas, e o duelo poderá valer a liderança, uma vez que o confronto será justamente contra o Coritiba, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pçela 20.ª rodada. No turno, o clube paranaense venceu por 2 a 0.

Últimas