Esportes Sem jogar desde 2019, Del Potro confirma presença no Rio Open

Sem jogar desde 2019, Del Potro confirma presença no Rio Open

Sem entrar em quadra desde junho de 2019, Juan Martín del Potro confirmou sua presença no Rio Open deste ano. O tenista argentino garante estar recuperado de sua quarta cirurgia no joelho direito para poder disputar o torneio brasileiro, de nível ATP 500, pela primeira vez na carreira.

"Trabalhei muito e fiz todo o esforço possível para estar com vocês nas próximas semanas. O Rio de Janeiro tem um lugar especial no meu coração e estou ansioso para estar de volta ao circuito e jogar o Rio Open pela primeira vez", disse o ex-número 3 do mundo, que jogará em solo brasileiro pela terceira vez na carreira.

A primeira foi na Costa do Sauipe (BA), em 2006. Dez anos depois, brilhou na Olimpíada do Rio-2016 ao conquistar a medalha de prata. Na ocasião, deixou pelo caminho o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic.

Del Potro não joga um torneio oficial desde o Torneio de Queen's, na Inglaterra, em 2019. Mas seu problema no joelho vem de outubro do ano anterior, quando sofreu uma queda durante uma partida do Masters 1000 de Xangai, na China, e fraturou a patela. Ele precisou passar por uma série de cirurgias no local. Em 2019, chegou a jogar 12 partidas, mas longe da sua melhor forma física.

Seu retorno acontecerá uma semana antes do Rio Open. Ele vai jogar o Torneio de Buenos Aires, de nível ATP 250, diante de seus compatriotas. Del Potro vem se dedicando aos treinos no saibro, superfície das duas competições, nos últimos meses. "Vai ser muito especial voltar ao circuito em Buenos Aires e jogar no Rio também", afirmou.

"Sempre foi um sonho ter o Del Potro jogando o Rio Open. Trabalhamos muito para isso. Desde que fechamos o acordo que ele faria sua volta ao circuito na América do Sul temos acompanhando o longo processo de recuperação do joelho, torcendo pra que ele estivesse 100% em fevereiro. Espero que o público brasileiro que tem tanto carinho por ele aproveitem muito essa oportunidade de vê-lo em ação no Rio", disse Luiz Carvalho, diretor do Rio Open, que será disputado entre os dias 12 e 20, no Jockey Club Brasileiro.

Atual número 757 do mundo, o argentino recebeu convites da organização dos dois torneios para entrar direto na chave principal. O campeão do US Open de 2009 vai se juntar a outros bons tenistas, como o italiano Matteo Berrettini, atual vice-campeão de Wimbledon, o norueguês Casper Ruud, os espanhóis Carlos Alcaraz e Pablo Carreño Busta.

O austríaco Dominic Thiem também está confirmado na chave carioca, mas virou motivo de preocupação nesta segunda. O campeão do US Open de 2020 desistiu do Torneio de Córdoba, também na Argentina, devido a uma lesão nos ligamentos do dedo. Recentemente, ele se recuperou de um outro problema, no punho direito. De acordo com a organização do Rio Open, Thiem segue confirmado para jogar no Brasil.

Últimas