Esportes Sem Dorival, Athletico-PR encara Santos com mudanças na Vila Belmiro

Sem Dorival, Athletico-PR encara Santos com mudanças na Vila Belmiro

O principal desfalque do Athletico-PR diante do Santos neste domingo, às 19h45, na Vila Belmiro, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, será o técnico Dorival Júnior, após testar positivo para o novo coronavírus. Ele está assintomático, entrou em quarentena, e vem recebendo acompanhamento dos médicos do clube. O time será comandado, de forma interina, por seu filho Lucas Silvestre.

O caso de Dorival merece cuidado especial, porque ele passou por uma cirurgia no mês passado por causa de um câncer na próstata. O técnico está bem e, inclusive, tem dado todas orientações para o filho por telefone.

Se seguir a lógica das últimas partidas, o Athletico deverá poupar alguns jogadores para o duelo. A comissão técnica tem promovido um rodízio na equipe. Felipe Aguilar, que ficou de fora na vitória contra o Goiás por 2 a 1, poderá voltar ao time titular. Ele vem brigando por posição com Lucas Halter para formar dupla defensiva ao lado de Thiago Heleno.

O meia Léo Cittadini poderá ficar novamente no banco de reservas. Ele seria poupado na última rodada, mas precisou entrar ainda no primeiro tempo com a lesão na cabeça de Fernando Canesin, vetado para o duelo contra o Santos. Se isso se confirmar, Richard será promovido à formação. Outros atletas que têm chances de serem poupados são os atacantes Nikão e Vinícius Mingotti.

"Temos um calendário muito apertado esse ano. Chegaram atletas que vão qualificar ainda mais a equipe e acirrar a disputa sadia por posição. Então, todos precisam estar aptos para jogar dentro daquilo que o Dorival almeja como equipe, assim como foi nas partidas iniciais, mesmo com as mudanças", disse Nikão.

Últimas