Esportes Scheidt mantém consistência e termina competição em Portugal em 3º lugar

Scheidt mantém consistência e termina competição em Portugal em 3º lugar

Robert Scheidt encerrou a participação na disputa da classe Laser do Portugal Grand Prix de vela na terceira colocação e terminou a competição, realizada em Vilamoura, no pódio. O brasileiro, que deve se tornar em Tóquio o recordista do País em participações em Jogos Olímpicos, disputou seu segundo campeonato desde o início da pandemia do coronavírus.

No quarto e último dia do evento, Scheidt manteve a consistência apresentada nas outras regatas e finalizou a disputa na terceira colocação geral, com 43 pontos perdidos no total. O brasileiro não teve um bom desempenho na primeira regata do dia, terminando na 11ª posição. Na segunda prova, no entanto, o bicampeão olímpico se recuperou e fechou em quarto.

Scheidt foi muito regular durante o Grand Prix português e ficou entre os dez primeiro em seis das oito regatas. Foi o sexto lugar na estreia, quinto e novamente sexto no segundo dia e conquistou a terceira e oitava posições no terceiro dia, além do quarto posto neste sábado. O experiente velejador, de 47 anos, descartou um 16° lugar na segunda prova do programa e o 11° posto neste sábado.

O francês Jean Baptiste Bernaz sagrou-se campeão, com 22 pontos perdidos, e o vice ficou com o norueguês Hermann Tomasgaard, com 33 pontos perdidos.

O Portugal Grand Prix é mais uma etapa da preparação de Scheidt para a Olimpíada de Tóquio, a sétima da sua carreira. Antes da competição em Vilamoura, ele ficou com o vice-campeonato italiano da classe Laser, em Follonica, na região da Toscana.

Últimas