Esportes Scarpa valoriza vitória palmeirense 'na vontade' após dura bronca no intervalo

Scarpa valoriza vitória palmeirense 'na vontade' após dura bronca no intervalo

Foram dois tempos distintos no Allianz Parque e uma sofrida vitória sobre o América-MG após enorme bronca do português Abel Ferreira no vestiário. Depois da chamada de atenção e de crescer na etapa final, o Palmeiras buscou o 2 a 1 no minuto final para alegria de Gustavo Scarpa.

Líder em assistências no Palmeiras, o meia que também vem quebrando o galho como segundo volante valorizou bastante o resultado conquistado em casa. Ele participou da jogada dos dois gols de Willian, primeira cruzando na cabeça do herói do jogo e depois encontrando Luiz Adriano, que serviu o atacante.

"Tem de acreditar (até o fim). Independentemente do adversário, o Brasileirão só tem jogo difícil, mesmo em casa", avaliou Scarpa. Estou feliz pela situação da equipe e pela assistência. Importante contribuir para a vitória, que nos deixa mais feliz."

Scarpa revelou que Abel Ferreira estava muito descontente com a apresentação palmeirense no primeiro tempo. Além de pouco criar, o tem sofreu um gol, viu os mineiros criarem chances e ainda não foi ao descanso com derrota porque Jailson defendeu um pênalti.

"Ele (Abel Ferreira) falou no intervalo que a gente poderia ser feliz, pois não tinha como fazer um segundo tempo pior que o primeiro, no qual a gente foi bem mal", revelou a bronca. "O Time colocou a cabeça no lugar, algo de qualidade das grandes equipes grandes, e buscamos superar na vontade", enfatizou. Por fim, reconheceu o artilheiro do dia. "Que golaço do Willian no final."

Willian vem aproveitando bem enquanto Abel Ferreira dá descanso e poupa seus titulares com desgaste muscular. Com os dois gols deste domingo, ele chegou a oito na temporada e começa a mostrar que pode reassumir uma vaga. Wesley e Rony não atuaram contra os mineiros e Luiz Adriano entrou no fim para assistência decisiva.

O Palmeiras agora se prepara para dura visita ao Red Bull Bragantino, quarta-feira. O time do interior lidera o Brasileirão, provisoriamente, e anotou 13 gols em cinco jogos.

Últimas