Esportes Scaloni garante que Messi está bem, elogia o Brasil, mas promete Argentina ousada

Scaloni garante que Messi está bem, elogia o Brasil, mas promete Argentina ousada

Enfrentar o Brasil fora de casa nunca é uma missão das mais fáceis. Mas Lionel Scaloni conseguiu conduzir a Argentina à vitória na final da Copa América no Maracanã, no Rio de Janeiro, há quase dois meses. O reencontro ocorre neste domingo e o técnico, apesar de elogios ao esquadrão de Tite, promete um futebol ousado e alivia a preocupação do torcedor de seu país ao dizer que Lionel Messi está bem.

O astro argentino levou uma dura entrada de um zagueiro da Venezuela na rodada anterior das Eliminatórias Sul-Americanas e havia temor que fosse desfalque na Neo Química Arena, em São Paulo, em duelo de líder e segundo colocado, ambos invictos.

Scaloni tranquiliza os argentinos. "O Leo (Messi) está bem. Foi um susto, mas felizmente está tudo bem. Vamos confirmar a condição 100% esta tarde, quando fizermos o trabalho de campo", afirmou o treinador. "Tenho uma ideia de como a equipe vai se formar, mas ainda não conseguimos fazer um treino com quem jogou contra a Venezuela. Provavelmente faremos algumas mudanças pensando na continuidade das partidas."

Scaloni só não diz qual o intuito das mudanças que prevê fazer em São Paulo. Apesar de jogar fora de casa e rasgar elogios ao Brasil, o que sugere esquema defensivo, ele não esconde uma atitude ousada em busca do triunfo.

"Brasil é sempre um rival importante, vem de uma incrível sequência positiva e prova que está à altura de seus jogadores de alta qualidade. Enfrentaremos o jogo com as maiores exigências", disse. "Contra o Brasil será algo totalmente diferente (do jogo com a Venezuela, mais truncado). O bom é que estão todos disponíveis e os melhores vão jogar", enfatizou.

Salienta, também, que o título da Copa América ficou para trás e pede que o time não se ampare na conquista e mostre concentração em Itaquera. "Depois de ganhar a Copa América, agora é outro recomeço. A seleção vai para ganhar, ter a estrela de campeão no peito é algo importante, mas você não pode se acomodar sobre as conquistas."

Últimas