Esportes São Paulo visita o Guarani para esquecer 2021 e começar novo ano com o pé direito

São Paulo visita o Guarani para esquecer 2021 e começar novo ano com o pé direito

O torcedor do São Paulo quer um ano mais tranquilo em 2022. No início do ano passado, o clube até encerrou o longo jejum sem vencer o Campeonato Paulista, mas no Brasileirão conviveu com a luta contra o rebaixamento em sua pior participação na história dos pontos corridos. Reforçada para a atual temporada, a equipe do técnico Rogério Ceni inicia sua caminhada em 2022 nesta quinta-feira, contra o Guarani, às 21h30, no Brinco de Ouro, pela primeira rodada do Paulistão.

"Eu acho que o São Paulo tentou montar o melhor elenco possível. No próximo ano, há chance de uma renovação maior no elenco. E o clube talvez esteja em uma situação financeira melhor. Mas isso não nos dá o direito de jogar fora qualquer expectativa de títulos (para agora). Eu vejo no Brasil ainda alguns times à frente do São Paulo, com mais elenco, mais reposições, maiores investimentos, mas vamos fazer o nosso melhor", analisou o treinador.

Mas Ceni e o coordenador de futebol do clube, Muricy Ramalho, quase poderiam ter deixado o São Paulo no fim do ano passado. No dia 10 de dezembro, um áudio de Muricy que vazou nas redes sociais indicava uma possível saída dele e do treinador se a diretoria não garantisse investimento em reforços. No entanto, horas depois, confirmou em live ao canal "Arnaldo e Tironi" que, após uma reunião, a dupla decidiu ficar no Morumbi.

Em pouco tempo, o São Paulo foi ao mercado e contratou jogadores mais experientes, como o goleiro Jandrei, o lateral-direito Rafinha, o volante Patrick e os meias Alisson e Nikão. A média de idade dos cinco reforços é de 30 anos. Além disso, a diretoria acertou as saídas do zagueiro Bruno Alves, do lateral-direito Orejuela, dos volantes Liziero e William, além dos meias Benítez e Vitor Bueno, e alinha a rescisão contratual do atacante Pablo.

"Chegaram jogadores para fortalecer ainda mais nossa equipe, jogadores experientes, que têm histórias bonitas em outros clubes e, com certeza, vieram aqui para fazer história. É um time mais maduro, cascudo, que tenho certeza que vai deixar tudo dentro de campo para conseguir coisas grandes aqui no São Paulo", disse o lateral-esquerdo Reinaldo à SPFC TV.

Da campanha de semifinalista da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o atacante Caio Matheus foi um dos destaques do time tricolor e deve ganhar oportunidades na equipe principal. O atleta de apenas 17 anos recebeu avaliação positiva da comissão técnica de Ceni e pode receber chances já no Paulistão.

Para a partida contra o Guarani, Ceni terá alguns desfalques. O zagueiro Arboleda está com a seleção equatoriana para a data Fifa. Já Igor Gomes e Talles Costa testaram positivo para a covid-19, enquanto Luan reclama de dores musculares e Luciano está no departamento médico com uma contratura na panturrilha. A pré-temporada do time tricolor não foi das mais fáceis: 16 atletas testaram positivo para o vírus, sendo que 14 já retornaram aos treinamentos.

GUARANI - O Guarani perdeu peças importantes em relação ao ano passado e por isso é uma incógnita até mesmo para seu torcedor neste início de Paulistão.

Em relação ao grupo que quase subiu na Série B do Brasileiro, o Guarani perdeu um trio que fez a diferença: o lateral-esquerdo Bidu, o meia Régis e o atacante Bruno Sávio. Outros jogadores importantes que saíram foram o zagueiro Thales e o meia Andrigo.

Por outro lado, a diretoria foi ao mercado e contratou 11 reforços. Entre os principais nomes estão o goleiro Maurício Kozlinski (ex-Atlético-GO), o zagueiro Ernando (ex-Goiás e Internacional) e o meia Giovanni Augusto (ex-Corinthians e Atlético-MG).

"Tiveram saídas de atletas importantes, mas também vieram jogadores de nível alto. E essa pré-temporada serviu para a gente se conhecer, se entrosar o mais rápido possível e foi muito proveitosa. Tivemos dois jogos-treino para dar ritmo ao time e preparar todo mundo para a estreia", disse o volante e capitão Bruno Silva, um dos remanescentes de 2021.

Sobre os jogos-treino citados, o Guarani ganhou do Desportivo Brasil, por 3 a 2, e perdeu para o Rio Claro, por 2 a 1. Os adversários estão respectivamente nas Séries A2 e A3 do Campeonato Paulista.

Últimas