Esportes São Caetano vira teste para Mancini medir força do elenco visando Copa do Brasil

São Caetano vira teste para Mancini medir força do elenco visando Copa do Brasil

O próximo compromisso do Corinthians será neste domingo, diante do São Caetano, pelo Campeonato Paulista. Mas a partida, na verdade, vai funcionar para o técnico Vagner Mancini medir a força do elenco de olho na estreia na Copa do Brasil na próxima semana.

O adversário é o modesto Salgueiro, de Pernambuco, e o jogo está marcado para quarta-feira, fora de casa. A importância desse confronto cresce pela premiação que a Copa do Brasil distribui ao longo de sua disputa. Assim, uma eliminação precoce poderia provocar prejuízos para o orçamento corintiano.

Caso o Corinthians carimbe o passaporte para a segunda fase, o clube vai ter garantido um reforço de R$ 2,5 milhões em seus cofres (deste montante R$ 1,15 milhão já está assegurado só pela participação corintiana no duelo contra o Salgueiro. O restante é referente à classificação à próxima etapa).

Antes do compromisso pela Copa do Brasil, o time está com seu departamento médico lotado. O volante Roni e o atacante André Luis contraíram o coronavírus. Assim, são 12 jogadores fora de combate por conta do surto.

A situação só não é pior porque três dos titulares se recuperaram da covid-19 e retornam ao time. O goleiro Cassio, o lateral Fagner e o volante Gabriel voltaram aos treinamentos e devem reforçar a equipe diante do São Caetano. "Temos que trabalhar com cuidado e analisar bem a condição dos atletas", comentou o treinador Vagner Mancini durante os trabalhos da semana no CT alvinegro.

O Corinthians vem cumprindo uma política de enxugamento da folha salarial com a diminuição do elenco e a aposta nas promessas da base. O meia Antony e o volante Luis Mandaca já vem despertando um maior interesse do técnico Vagner Mancini.

Últimas