Esportes Santos renova com Gabriel Pirani até o fim de 2025: 'Sonho traçado há 10 anos'

Santos renova com Gabriel Pirani até o fim de 2025: 'Sonho traçado há 10 anos'

Depois de renovar com Lucas Braga, o Santos acertou nesta sexta-feira a extensão contratual do meio-campista Gabriel Pirani. Um dos destaques da equipe na atual temporada, o jovem de 19 anos assinou um novo vínculo com o time da Vila Belmiro com validade até dezembro de 2025 - o anterior vencia no fim de 2022.

"É um sonho que já tinha traçado há dez anos, quando cheguei aqui. Naquela época era um sonho distante, e agora estou realizando. Poder ajudar minha família, trazer meus pais para morar comigo de novo, isso tudo emociona muito", vibrou Pirani, que tem sido titular nos últimos jogos.

"Desde o início, o meu principal objetivo era trazer meus pais de volta, e agora tenho certeza que vou conseguir. Sei que é só o começo e quero contribuir muito com esse clube gigante, com gols, assistências e títulos", destacou o garoto, que tem a confiança do técnico Fernando Diniz.

Natural de Penápolis, no interior de São Paulo, Pirani chegou às categorias de base do Santos em 2010 para atuar pelo sub-11. Destaque entre os "meninos da Vila", o meia subiu para os profissionais em 2019, mas só recebeu as primeiras oportunidades neste ano.

Desde então, o camisa 20 passou a integrar oficialmente o elenco principal e assumiu a titularidade no meio de campo no início da temporada. Até o momento, Pirani marcou dois gols e deu o mesmo número de assistências em 18 partidas.

"Eu esperava ter uma oportunidade porque confiava no meu trabalho na base. Foi tudo bem rápido, mas sei que essa sequência e titularidade é uma consequência do trabalho. O Santos é a minha vida. Dediquei 10 anos para estar realizando esse sonho, que só começou. Agora é seguir sonhando e evoluindo", enfatizou a jovem promessa santista.

Eliminado no Paulistão na fase de grupos, o Santos briga para conseguir uma das duas vagas do Grupo C nas oitavas de final da Copa Libertadores. Na última rodada, terá de vencer o Barcelona de Guayaquil no Equador, líder da chave, e torcer por um tropeço do Boca Juniors contra o The Strongest para avançar ao mata-mata.

Últimas