Roma distribui kits de alimentação e proteção a sócios com mais de 75 anos

A Roma deu uma mostra de preocupação com seus fãs mais velhos, que são os mais vulneráveis na pandemia do novo coronavírus. O clube da capital italiana preparou kits para serem distribuídos entre os sócios do clube que tiverem mais de 75 anos de idade.

Nos kits, o clube colocou itens de alimentação e proteção de primeira necessidade, além de outras coisas para demonstrar carinho aos fãs, como cerveja e cachecóis com a frase 'quero somente estar com você'. Ao sócio mais velho, Eliseo Lorenzetti, nascido em 1923, o clube deu ainda uma camisa autografada do atacante Edin Dzeko.

O clube já havia realizado doações para ajudar no combate ao coronavírus anteriormente: graças a uma campanha de arrecadação junto à torcida, conseguiu comprar oito respiradores mecânicos e oito leitos de UTI para o tratamento de pessoas infectadas em estado grave, que serão doados a um hospital de Roma. Além disso, o clube também ofereceu 13 mil máscaras de proteção e litros de álcool em gel para profissionais de saúde e para a população.

A Itália é o país mais afetado pelo novo coronavírus. No total, o país já teve 10.023 mortes, sendo 889 nas últimas 24 horas, e 92.472 casos detectados. O sistema de saúde do país acabou não conseguindo lidar com a epidemia, devido à falta de equipamentos para todas as pessoas que precisam.