Esportes Roger Federer aponta para possível retorno às quadras no Aberto da Austrália

Roger Federer aponta para possível retorno às quadras no Aberto da Austrália

O tenista supercampeão Roger Federer poderá retornar às quadras no Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam de 2021, a ser disputado de 8 a 21 de fevereiro. O suíço, de 39 anos, está fora de ação desde janeiro por causa de uma lesão no joelho direito.

"Ainda não testei totalmente como está o desempenho do meu joelho na quadra, mas espero poder jogar na Austrália", disse Federer, em entrevista à revista suíça Schweizer Illustrierte. O atleta está em Dubai, onde permanecerá em treinamentos até o Natal. Depois, o plano do tenista é seguir para Melbourne.

O Aberto da Austrália foi o último torneio de Federer, que está em quinto no ranking da ATP. Ele perdeu a semifinal para o sérvio Novak Djokovic e depois se submeteu a uma artroscopia no joelho, que o manteve fora das pistas durante todo o ano de 2020.

Na entrevista, Federer comparou seu atual momento com o vivido em 2016, outro ano em que também foi prejudicado para o suíço por causa de lesão, mas que foi superado. Ele citou a determinação de seu rival Rafael Nadal. "Falei muito com ele durante este intervalo, estamos no Conselho de Jogadores e

perguntamos o que é melhor para o esporte ou como podemos obter isso para o futuro."

Últimas