Esportes Regular, Scheidt vai para o último dia de competição em Portugal na 3ª posição

Regular, Scheidt vai para o último dia de competição em Portugal na 3ª posição

Robert Scheidt está próximo de ir ao pódio em sua segunda competição desde o início da pandemia do coronavírus. O velejador brasileiro fechou a sexta-feira em terceiro lugar na disputa da classe Laser do Portugal Grand Prix, competição realizada em Vilamoura. Assim, vai ao último dia do evento em boas condições de ir ao pódio.

O bicampeão olímpico foi o terceiro colocado na primeira regata da sexta-feira, ficando em oitavo na seguinte. Assim, ocupa a terceira posição na classificação geral, com 28 pontos perdidos e 15 de vantagem para o quarto colocado, o polonês Kuba Rodziewicz, que tem 43. A liderança é do francês Jean Baptist Bernaz,com 15 pontos perdidos, seguido pelo norueguês Hermann Tomasgaard, com 17 e que venceu as duas provas do dia.

"Velejei bem na primeira regata. Cheguei a estar em segundo, mas o Jean Baptist me ultrapassou no final. Para a segunda prova, o vento aumentou, indo para 25 nós, com ondas grandes e condições duras. Infelizmente, não larguei bem. Montei a primeira bóia em 15° e ainda consegui fazer uma boa recuperação para cruzar em oitavo. O norueguês e o francês realmente estão velejando com muita velocidade e abriram um pouco em pontos. Em compensação, também aumentei a diferença em relação ao quarto colocado. Somando tudo, foi um bom dia. Amanhã (sábado,12) teremos as regatas finais e seguimos na luta pelo pódio", avaliou.

Scheidt vem sendo bastante regular em Vilamoura, tendo ficado entre os dez melhores em cinco das seis regatas. Ele estreou na quarta-feira com um 6.º e um 16.º lugar, depois sendo 5.°e 6.° na quinta-feira.

O Portugal Grand Prix é mais uma etapa da preparação de Scheidt para a Olimpíada de Tóquio, a sétima da sua carreira. Antes da competição em Vilamoura, ele ficou com o vice-campeonato italiano da classe Laser, em Follonica, na região da Toscana.

Últimas