Esportes Red Bull contrata da Mercedes novo chefe com missão de desenvolver seus motores

Red Bull contrata da Mercedes novo chefe com missão de desenvolver seus motores

A Red Bull pretende em um futuro muito próximo produzir seus próprios motores. Para isso, a equipe austríaca anunciou, nesta sexta-feira, a contratação de Ben Hodgkinson, que será o diretor técnico e responsável por sua nova divisão de motores a ser utilizada após a saída da Honda da Fórmula 1.

"Não foi fácil tomar a decisão de mudar depois de duas décadas, mas a oportunidade de assumir um projeto tão importante é uma grande honra. A Red Bull sempre foi nossa principal rival na era híbrida da F-1 e acredito que poderemos alcançar grandes resultados", disse Hodgkinson, grande líder da Mercedes, campeã de construtores desde 2014 na principal categoria do automobilismo.

Christian Horner, chefe da Red Bull, explicou o que espera com a chegada de Hodgkinson. ""Queremos ter o desenho e a concepção de todas as partes do carro em nossas mãos, para sermos donos do nosso destino. A maior prova disso é o desejo de desenvolver nossos próprios motores para as regras que entrarão em vigor nos próximos anos. Ben e sua equipe contarão com toda a estrutura e recursos necessários para isso."

Hodgkinson vai coordenar o trabalho com os motores atuais e também terá como objetivo liderar o projeto para a nova geração, com estreia prevista para a temporada de 2025. "A Red Bull vai atrás dos melhores talentos", afirmou Horner no início da semana.

Últimas