Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Rally dos Sertões: Varela e Gugelmin cada vez mais líderes entre os Carros

Pilotos chegaram a cidade paulista de Euclides da Cunha nesta quinta-feira (6)

Rally dos Sertões|Do R7

Principal rali brasileiro, Sertões chega ao fim das competições no próximo sábado (8), em Foz do Iguaçu, Paraná
Principal rali brasileiro, Sertões chega ao fim das competições no próximo sábado (8), em Foz do Iguaçu, Paraná Principal rali brasileiro, Sertões chega ao fim das competições no próximo sábado (8), em Foz do Iguaçu, Paraná

A dupla Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin ampliou a vantagem na liderança do Rally dos Sertões, que chegou na tarde desta quinta-feira (06) a Euclides da Cunha Paulista (SP). Agora, eles têm 17min56s de folga sobre Marcos Baumgart/Kleber Cincea, os novos vice-líderes.

"Nós andamos tranquilos, sem forçar nada, porque estamos monitorando os concorrentes. Então estamos administrando e deixamos o carro inteiro no Parque Fechado", comentou Gustavo Gugelmin, navegador de Reinaldo Varela.

"Foi uma Especial bem parecida com os outros dias, com muitos saltos. O final dela, com uns 20 a 30 km foi o melhor trecho do rally, bem prazeroso de dirigir, com curvas abertas, com certeza vão render belas imagens para a TV", complementou o piloto, bicampeão mundial de Rally Cross Country, que na sua 347ª corrida no automobilismo se aproxima de sua segunda vitória no Rally dos Sertões.

A prova termina no próximo sábado (8), em Foz do Iguaçu (PR), depois de percorrer 2.875,79 km em sete dias. O piloto paulista Reinaldo Varela e o navegador catarinense Gustavo Gugelmin estão liderando desde o Prólogo, disputado no último sábado (1º) passado em Goiânia (GO).

Publicidade

A ‘Família da Poeira’ está fazendo sucesso no Rally dos Sertões. Gabriel, o filho do meio de Reinaldo Varela, teve uma boa performance entre Três Lagoas (MS) e Euclides da Cunha (SP) e agora ocupa a segunda colocação na classificação geral na categoria UTV e é segundo também na classe Super Production. Apenas 1min16s atrás vem o seu irmão caçula, Bruno, que ocupa a terceira posição tanto na Geral quanto na Super Production. E o mais velho e experiente, Rodrigo, ocupa o segundo posto na classe Turbo e sexto na geral.

"A etapa Maratona termina só amanhã no final do dia, então vamos fazer esta Especial com cuidado, porque estamos em segundo e vamos deixar para decidir tudo no sábado", disse confiante Gabriel Varela (Can-Am/Blindarte). "Fizemos uma Especial boa, sem nenhum problema. Conseguimos chegar com o nosso Can-Am Maverick 1000 XRS inteirinho. Já fizemos a revisão e foi só a troca do filtro de ar e um reaperto geral e estamos prontos para largar", emendou o navegador Gabriel Morales.

Publicidade

Bruno Varela (Polaris One/Blindarte) também está tendo uma recuperação incrível e já está brigando pelo pódio da categoria UTV, em seu ano de estréia nas competições. "Fizemos uma etapa com muita cautela e terminamos com o nosso Polaris RZR XP 1000 em excelente condição. Amanhã também pretendemos ir usando a cabeça até terminar esta etapa Maratona. Está indo tudo bem com o equipamento e o meu navegador (Mayckon Padilha) está fera, nem parece que é a primeira vez que ele navega", comemorou.

Rodrigo Varela (Can-Am/Blindarte) teve um contratempo nesta sexta Especial. Ele bateu muito forte em um buraco depois de uma curva, que acabou quebrando os prisioneiros das rodas de seu Can-Am Maverick Turbo, que vinha tendo um excelente desempenho. Com isto, perdeu muito tempo para que o navegador João Arena fizesse o reparo. "Para não forfetar, acabei ‘queimando’ um radar e sei que levarei uma penalização e deverei cair várias posições. Então, vou aproveitar que o meu UTV é muito robusto e vou acelerar tudo para tentar recuperar algumas posições. Vamos ver o que acontece até sábado", torce o atual líder do Campeonato Brasileiro de UTV.

Publicidade

Na sexta-feira (7), o Rally dos Sertões vai de São Paulo para o Paraná. No penúltimo dia da mais importante prova off-road do Brasil, serão percorridos 316,2 km entre Euclides da Cunha Paulista e Umuarama, sendo 199,32 km cronometrados, terminando aí a Maratona de 903 km sem que os competidores tenham apoio mecânico de suas equipes.

Acompanhe a página do R7 de Rally dos Sertões

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.