Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

PSG anuncia Asensio e Skriniar como primeiros reforços para a próxima temporada

|

O Paris Saint-Germain anunciou, nesta quinta-feira, as contratações do meia-atacante espanhol Marco Asensio, ex-Real Madrid, e do zagueiro eslovaco Milan Skriniar, ex-Inter de Milão. Os dois são os primeiros reforços confirmados pelo clube parisiense para a próxima temporada, na qual Luis Enrique, anunciado ontem como novo treinador no lugar de Christophe Galtier, terá a missão de formar um time que vá mais longe na Liga dos Campeões.

Asensio, de 27 anos, assinou contrato até junho de 2026 e buscará se firmar entre os titulares, o que teve dificuldades de fazer no Real nos últimos anos. De qualquer forma, foi bastante aproveitado ao longo de sua passagem e teve seus bons momentos, além de ter conquistado três Ligas dos Campeões e três títulos espanhóis. Na seleção nacional, foi comandado por Luis Enrique.

"É um privilégio fazer parte deste grande clube", afirmou Asensio, que não teve custo de transferência ao PSG, pois saiu do time espanhol ao final de seu contrato. "Eu estou ansioso para me juntar aos meus companheiros e começar a trabalhar com eles para atingir grandes objetivos", completou.

Skriniar, por sua vez, tem 28 anos e estava na Internazionale desde a temporada 2017/2018. Antes, defendeu o MSK Zilina, da Eslováquia, e a Sampdoria, clube no qual foi o jogador mais jovem a jogar pelo menos 35 jogos em uma mesma temporada do Campeonato Italiano.

Publicidade

"Há sempre pressão quando você se junta a um time com o Paris Saint-Germain", disse Skriniar. "Eu sinto um pouco dessa pressão, mas eu me sinto pronto, pronto para ser parte desse clube que é realmente enorme. Além disso, eu amo a pressão, sou um defensor, então eu sei do que isso se trata", concluiu.

Após não renovar com Lionel Messi, que foi para o Inter Miami, dos Estados Unidos, o PSG foca seus esforços em definir a situação de Mbappé, que tem contrato até junho de 2024 e não quis prorrogar o contrato, por isso poderá assinar um pré-contrato com outro clube a partir do final deste ano. Durante a apresentação de Luis Enrique, na quarta, o presidente do clube, Nasser al Khelaifi, disse que não deixará o jogador, alvo do Real Madrid, sair de graça

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.