Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Silvio Lancellotti - Blogs
Publicidade

Três resultados impactantes na sexta-feira da Nations League

Neste dia 3 de Junho, a Dinamarca suplantou a França em Paris, a Neerlândia (ex-Holanda) devastou a Bélgica em Bruxelas, e a Áustria bateu a Croácia em Osijek. E no sábado: Itália X Alemanha.

Silvio Lancellotti|Do R7 e Sílvio Lancellotti

Cornelius, da Dinamarca, dois gols na França, dentro do campo de "Les Bleus"
Cornelius, da Dinamarca, dois gols na França, dentro do campo de "Les Bleus" Cornelius, da Dinamarca, dois gols na França, dentro do campo de "Les Bleus"

Evidentemente, é muito cedo para o estabelecimento de parâmetros ou para qualquer cálculo estatístico em uma competição de 55 representações nacionais separadas em três séries de 16, com quatro chaves em cada, e outra com um grupo de quatro equipes e um de três. Um trajeto, de todo modo, sempre tem o seu porto de largada. E por isso vale saber que, ao fazer a sua escala nesta sexta-feira, dia 3 de Junho, a Nations League da UEFA, na sua terceira edição, já completou, em seu andamento, 18 cotejos efetuados e 45 tentos anotados, média fraquinha de 2,50. Aliás, uma sexta-feira caracterizada por três impactos, as vitórias de três visitantes: apertada da Dinamarca em Paris; mas fartas da antiga Holanda, hoje Neerlândia, em Bruxelas, e da Áustria em Osijek, na Croácia.

Os sete prélios desta sexta-feira, dia 3 de Junho
Os sete prélios desta sexta-feira, dia 3 de Junho Os sete prélios desta sexta-feira, dia 3 de Junho

Eis os prélios deste dia 3 de Junho:

DIVISÃO A

GRUPO 1

Publicidade

França, Dinamarca, Croácia, Áustria

A celebração da Dinamarca no Stade de France
A celebração da Dinamarca no Stade de France A celebração da Dinamarca no Stade de France

FRANÇA 1 X 2 DINAMARCA

Publicidade

Paris/Saint-Denis, Stade de France

Árbitro: Felix Zwayer (Alemanha)

Publicidade

Gols: Benzema X Cornelius/2

Um duelo espetacular, com dois destaques imediatos. Na “Dynamite” o meia Christian Eriksen que, quase exato um ano atrás, em 12 de Junho de 2021, numa porfia pela Eurocopa com a Finlândia, acusou um distúrbio cardíaco e precisou ser ressusscitado, Nos “Bleus”, o avante Karim Benzema, sempre efusivo, a infernizar a defesa inimiga. O gol, todavia, não saiu para nenhum dos lados. E, drama da França, pouquinho antes do intervalo, Kilyan Mbappé, hoje o craque mais caro da Terra, sentiu um problema no seu joelho direito e, ostensivamente desalentado, abandonou o campo a manquitolar.

Momento de tristeza, a lesão de Mbappé
Momento de tristeza, a lesão de Mbappé Momento de tristeza, a lesão de Mbappé

Afortunadamente, bem no início da etapa derradeira, em uma investida pelo flanco destro, Benzema tabelou com Nkunku, o substituto de Mbappé, e então desandou a costurar, horizontalmente, da lateral até a marca penal, quatro dos integrantes da muralha danesa. Daí, de canhota, fulminou o arqueiro Schmeichel, 1 X 0. A França, no entanto, não soube desfrutar sua vantagem. Fraquejou. E aos 68’ a sua bequeira se distraiu de Cornelius, que mal havia entrado na partida. Hoejbjerg percebeu seu colega desmarcado na meia-lua e lhe fez um passe pelo alto, Cornelius aparou a pelota ainda em pleno vôo, 1 X 1. E aos 85’, não fosse o impressionante reflexo do arqueiro Loris, a Dinamarca obteria os 2 X 1 com Eriksen. Estava escrito, de todo modo, que a “Dynamite” revolucionaria o resultado aos 88’, graças a Cornelius, num contra-ataque e num foguete de perna canhota, praticamente sem ângulo.

A capa do Twitter da seleção da Áustria
A capa do Twitter da seleção da Áustria A capa do Twitter da seleção da Áustria

CROÁCIA 0 X 3 ÁUSTRIA

Osijek, Gradski Crt Stadium

Árbitro: Chris Kavanagh (Inglaterra)

Gols: Arnautovic, Gregoritsch, Sabitzer

Mesmo fora da Copa, a Áustria não perde a dignidade e nem desiste do futuro. E no campo da adversária dominou a etapa inicial e mereceu o 1 X 0, um petardo de fora da área do inesgotável Arnautovic. Bastou para que a visitante detonasse uma Croácia desconjuntada. Aos 54’, de esquerda, de fora da área, Gregoritsch fez 2 X 0. E aos 57, de destra, também de fora da área, Sabitzer triplicou. Um sucesso inesperado e, de fato, impressionante.

GRUPO 4

Bélgica, Neerlândia, Polônia, Gales

Memphis Depay, dois tentos na Bélgica
Memphis Depay, dois tentos na Bélgica Memphis Depay, dois tentos na Bélgica

BÉLGICA 1 X 4 NEERLÂNDIA

Bruxelas, King Baudouin Stadium

Árbitro: José María Sánchez (Espanha)

Gols: Batshuayi X Bergwijn, Depay/2, Dumfries

De volta ao time titular depois de um infortúnio e de um longo tempo de estaleiro, Romelu Lukaku, o tanque de ataque dos “Diabos Rubros”, se re-lesionou logo aos 16’, num choque com um adversário, e pediu substituição, um desfalque doloroso para a Bélgica diante da maior rival. E a ex-Holanda, rebatizada de Neerlândia em Janeiro de 2020, acabaria por fazer 1 X 0 aos 40’, chute de Steven Bergwijn de fora da área. A “Laranja Mecânica” voltou ainda mais agressiva no segundo tempo. Berghuis puxou uma contra-ofensiva típica do seu time e ofereceu o arremate fatal a Memphis Depay, 2 X 0 aos 51’. Daí, a dona da casa se desmilinguiu. Um passe de Blind a Dumfries, que fuzilou de canhota, aos 61’, diante de Mignolet, 3 X 0. Outro passe de Blind, agora a Depay, 4 X 0 aos 65’ e de novo sem chance para o arqueiro paralisado. Apenas nos acréscimos os “Diabos” obteriam o gol-de-honra.

Já realizado na quarta-feira, dia 1º de Junho:

POLÔNIA 2 X 1 GALES

Wroclaw, Stadion Wroclaw

Árbitro: Rade Obrenovic (Eslovênia)

Gols: Kaminski, Swiderski X Jonny Williams

DIVISÃO C

GRUPO 3

Eslováquia, Belarus, Azerbaidjão, Cazaquistão

CAZAQUISTÃO 2 X 0 AZERBAIDJÃO

Nur-Sultan, Astana Arena

Árbitro: István Vad (Hungria)

Gols: Aimbetov/2

Stéphanie Frappart, a única árbitra na Nations League
Stéphanie Frappart, a única árbitra na Nations League Stéphanie Frappart, a única árbitra na Nations League

BELARUS 0 X 1 ESLOVÁQUIA

Novi Sad (na Sérvia), Karadorde Stadium

Árbitra: Stéphanie Frappart (França)

Gols: Suslov

DIVISÃO D

GRUPO 1

Liechtenstein, Moldávia, Andorra, Letônia

LETÔNIA 3 X 0 ANDORRA

Riga, Daugava Stadium

Árbitro: Tomasz Musial (Polônia)

Gols: Uldrikis, Ikaunieks/2/1pen

LIECHTENSTEIN 0 X 2 MOLDÁVIA

Vaduz, Rheinpark Stadion

Árbitro: Giorgi Kruashvili

Gols: Nicolaescu, Bolohan

Prélios do sábado, dia 4 de Junho:

DIVISÃO A

Grupo 3

Itália, Alemanha, Inglaterra, Hungria

HUNGRIA X INGLATERRA

ITÁLIA X ALEMANHA

A Ucrânia, espetacular nos playoffs da UEFA para a Copa do Catar
A Ucrânia, espetacular nos playoffs da UEFA para a Copa do Catar A Ucrânia, espetacular nos playoffs da UEFA para a Copa do Catar

DIVISÃO B

Grupo 1

Ucrânia, Escócia, República da Irlanda, Armênia

ARMÊNIA X REPÚBLICA DA IRLANDA

(Com uma vitória inesperada mas espetacular da visitante, 3 X 1 dentro de Glasgow, a Escócia e a Ucrânia batalharam, no dia 1º, pelo direito de enfrentar Gales, no dia 5, pela última vaga da Europa no Qatar. E o seu desafio na NL ficou para 21 de Setembro)

Grupo 3

Bósnia, Finlândia, Romênia, Montenegro

FINLÂNDIA X BÓSNIA

MONTENEGRO X ROMÊNIA

DIVISÃO C

Grupo 1

Turquia, Luxemburgo, Lituânia, Ilhas Far Oer

LITUÂNIA X LUXEMBURGO

TURQUIA X ILHAS FAR OER

Prélios da quinta-feira, dia 2 de Junho:

A comemoração da República Tcheca
A comemoração da República Tcheca A comemoração da República Tcheca

DIVISÃO A

GRUPO 2

Espanha, Portugal, Suíça, República Tcheca

ESPANHA 1 X 1 PORTUGAL

Gols: Morata X Ricardo Horta

REPÚBLICA TCHECA 2 X 1 SUÍÇA

Gols: Kuchta/2 X Okafor

DIVISÃO B

GRUPO 2

Islândia, Rússia, Israel, Albânia

ISRAEL 2 X 2 ISLÂNDIA

Gols: Abada, Weissman X Helgason, Sigurdsson

ALBÂNIA WO X 0 RÚSSIA

(A UEFA, como já fizera a FIFA, suspendeu a Rússia de todos os seus certames)

GRUPO 4

Suécia, Noruega, Sérvia, Eslovênia

SÉRVIA 0 X 1 NORUEGA

Gol: Haaland

ESLOVÊNIA 0 X 2 SUÉCIA

Gols: Forsberg/pen, Kulusevski

DIVISÃO C

GRUPO 2

Irlanda do Norte, Grécia, Kosovo, Chipre

CHIPRE 0 X 2 KOSOVO

Gols: Valon Berisha, Zhegrova

IRLANDA DO NORTE 0 X 1 GRÉCIA

Gols: Bakasetas

Geórgia, um triunfo tranquilo e esperado sobre Gibraltar
Geórgia, um triunfo tranquilo e esperado sobre Gibraltar Geórgia, um triunfo tranquilo e esperado sobre Gibraltar

GRUPO 4

Bulgária, Macedônia do Norte, Geórgia, Gibraltar

GEÓRGIA 4 X 0 GIBRALTAR

Gols: Kvaratskhelia, Kashia, Mikautadze, Qazaushvili

BULGÁRIA 1 X 1 MACEDÔNIA DO NORTE

Gols: Despodov X Milan Ristowski

DIVISÃO D

GRUPO 2

Malta, Estônia, San Marino

ESTÔNIA 2 X 0 SAN MARINO

Tailinn, Lillekula Arena

Árbitro: Ioannis Papadopoulos (Grécia)

Gols: Kirss, Tamm

A taça magnífica da Nations League
A taça magnífica da Nations League A taça magnífica da Nations League

Particularmente engenhoso pela sua divisão em séries e em chaves, o projeto da Nations League estabelece um regime democrático de acessos e de rebaixamentos. Os vencedores das quatro chaves da Divisão A lutarão pelo título, em mata-matas, numa sede única, escolhida entre os quatro, de 14 a 18 de Junho de 2023. E seu campeão abocanhará um prêmio equivalente a R$ 250 milhões, à parte o seu quinhão de patrocínios. Nas outras séries, da B à D, os campeões das chaves se promoverão à Divisão de cima. Claro, também cairão às turmas imediatamente inferiores, da A à B e da B à C, os últimos classificados de cada grupo. No caso da C para a D, os rabeiras ainda enfrentarão playosffs suplementares, dentre os quais se safarão dois. A entidade ainda não decidiu de que modo esta NL servirá como classificação para a próxima Euro, de eliminatórias entre Março e Novembro de 2023, e de fase final toda na Alemanha, 24 seleções, entre 14 de Junho e 14 de Julho de 2024.

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.