Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Silvio Lancellotti - Blogs
Publicidade

O País de Gales  volta ao Mundial e Portugal cresce na Nations League

Um triunfo de 1 a 0 sobre a estoica Ucrânia garantiu os 'Dragões' numa Copa da Fifa depois de 64 anos de ausência. Na competição da Uefa, brilham Cristiano Ronaldo e a seleção das 'Cinco Quinas'

Silvio Lancellotti|Do R7 e Sílvio Lancellotti

A glória de Gareth Bale, o grande capitão da seleção de Gales
A glória de Gareth Bale, o grande capitão da seleção de Gales A glória de Gareth Bale, o grande capitão da seleção de Gales

Aconteceram neste domingo, dia 5 de junho, mais nove combates pela III Nations League da Uefa, entidade que administra o futebol no Velho Continente. Mas, finalmente, depois de um longo e tenebroso percurso que se iniciou em 24 de março de 2021, depois de 258 prélios e de 781 tentos, boa média de 3,03, a Uefa definiu qual de suas 55 federações ocupará na próxima Copa do Catar a vaga de número 13 que a competição lhe destinou. Em Cardiff, no País de Gales, num confronto empolgante, os “Dreigiau”, os “Dragões” da nação hospedeira, se digladiaram com os “Melyna ir Geltona”, ou os “Azuis-Amarelos” da Ucrânia, no jogo derradeiro dos Playoffs de Repescagem. Eis a síntese do confronto:

A festa do elenco de Gales pela classificação ao Catar
A festa do elenco de Gales pela classificação ao Catar A festa do elenco de Gales pela classificação ao Catar

PAÍS DE GALES 1 X 0 UCRÂNIA

Cardiff, Cardiff City Stadium, 33.280 lugares

Público: 32.660

Publicidade

Árbitro: Antonio Mateu Lahoz (Espanha)

Gols: Yamrolenko/con

Publicidade

Com certeza, por motivos além de evidentes, mesmo os 32 mil galeses que praticamente encheram o bucólico estádio da sua capital, todos vestidos de vermelho, no fundo, bem no fundo, gostariam de que a estoica equipe da Ucrânia se classificasse ao Mundial. No entanto, Wayne Hennessey, o bravo arqueiro dos “Dragões”, 35 de idade, cumpriu a sua primordial obrigação e, só na etapa inicial do combate, em meia dúzia de oportunidades, evitou que os representantes da pátria acuada pela Rússia invasora anotassem ao menos um gol.

Hennessey, o grande herói de Gales no cotejo
Hennessey, o grande herói de Gales no cotejo Hennessey, o grande herói de Gales no cotejo

Muito pior, para a Ucrânia, aos 34’, numa das raríssimas investidas de Gales, o capitão Gareth Bale cobrou uma infração em diagonal, a 30 metros de distância da meta rival, e o infortunado Yarmolenko desviou de cabeça, sem nenhuma chance de defesa para Georgiy Bushchan. Na etapa derradeira, daí, se reprisou o desenho, sem que os “Azuis-Amarelos” conseguissem expugnar a fortaleza rubra. Nos cinco dramáticos minutos dos acréscimos, o arqueiro ainda efetuou mais duas defesas prodigiosas. E propiciou a Gales retornar a uma Copa 64 anos depois da sua única aparição, na Suécia/1958, quando chegou até as quartas de final e perdeu do Brasil, 1 a 0, gol de Pelé. No Catar, os “Dragões” integrarão o Grupo B, ironia, com a sua irmã Inglaterra, os seus primos dos Estados Unidos e o Irã.

Publicidade
As treze seleções da Europa no Mundial
As treze seleções da Europa no Mundial As treze seleções da Europa no Mundial

Ainda restam dois lugares a se preencherem na lista dos 32 que disputarão o Mundial. Ambos se decidirão pelos chamados Playoffs Intercontinentais. Na terça-feira, dia 7 de junho, no Ahmad bin Ali Stadium de Al Rayyan, no Catar, se defrontarão Emirados Árabes e Austrália. O sobrevivente, no mesmo gramado tentará, no dia 13, a vaga contra o Peru. No dia 14, também em Al Rayyan, haverá a peleja derradeira entre a Costa Rica e a Nova Zelândia. Na III Nations League da Uefa, com os nove cotejos da primeira parcela desta sua segunda jornada, a competição agora acumula 34 partidas e 87 gols, a média razoável de 2,56. Eis as fichas e as sínteses respectivas dos combates deste dia 5:

Todos os resultados da Nations League neste domingo, dia 5
Todos os resultados da Nations League neste domingo, dia 5 Todos os resultados da Nations League neste domingo, dia 5

DIVISÃO A-2

Portugal/4pg, República Tcheca/4, Espanha/2, Suíça/0

REPÚBLICA TCHECA 2 X 2 ESPANHA

Praga, Sinobo Stadium

Árbitro: François Letexier (França)

Gols: Pesek, Kuchta X Gavi, Iñigo Martínez

Pesek e Kuchta, da República Tcheca
Pesek e Kuchta, da República Tcheca Pesek e Kuchta, da República Tcheca

Líder surpreendente do seu grupo na principal divisão da NL, a hospedeira saiu à frente logo aos 4’ numa falha da retaguarda da “Fúria”. Num lançamento para o perigoso Kuchta, o ala Carvajal reclamou de um impedimento que não havia, e o artilheiro tcheco apenas colocou a bola para a finalização do volante Pesek. Carvajal se regenerou aos 45’, um cruzamento impecável a Rodri, do outro lado do campo. Rodri meramente entregou ao livre Gavi, 1 a 1, o primeiro gol internacional do garoto de 17 de idade. Imperdoavelmente, aos 55', Kuchta desperdiçou os 2 a 1 cara a cara com Unai Simon, o arqueiro da Espanha. Aos 66’, todavia, em outro face a face, num lançamento em profundidade de Cerny, Kuchta não fraquejou e encobriu o arqueiro, os 2 a 1 devidamente cravados. Tudo finito? Nada disso. Inacreditavelmente a “Fúria” igualaria, nos acréscimos, num levantamento de Asensio e numa cabeçada de Iñigo Martínez que resvalou na parte interna do travessão e bateu milímetros dentro da meta do perplexo e infortunado arqueiro Tomás Vaclic. 

Cristiano Ronaldo, de Portugal
Cristiano Ronaldo, de Portugal Cristiano Ronaldo, de Portugal

PORTUGAL 4 X 0 SUÍÇA

Lisboa, Estádio José Alvalade

Árbitro: Orel Grinfeld (Israel)

Gols: William Carvalho, Cristiano Ronaldo/2, João Cancelo

Depois de arrancar um ótimo empate da Espanha mandante, na primeira rodada, Portugal precisava obrigatoriamente bater a Suíça para não se afastar do topo da tabela. Sofreu um tento aos 5’, Seferovic, mas se aliviou quando o VAR constatou um toque de Schaer no lance anterior. Daí, aos 15, bem mais se alegrou quando Cristiano Ronaldo bateu uma falta um pouco antes da meia-lua e o arqueiro Kobel rebateu exatamente na direção de William Carvalho. Aos 35, então, para a festa da sua mamãe Dolores na plateia, o CR7 duplicou ao receber uma assistência de Diogo Jota. E o CR7 triplicaria, aos 40, noutra falha de Kobel, pelota solta à frente do craque depois de um tiro de Diogo Jota. Portugal não se conteve no sucesso já assegurado. Ainda fez 4 a 0, aos 68’, com o lateral João Cancelo, depois de uma tabela com Bernardo Silva. A recordar: Portugal foi o campeão da I Nations League.

DIVISÃO B-4

Noruega/6, Sérvia/3, Suécia/3, Eslovênia/0

SÉRVIA 4 X 1 ESLOVÊNIA

Belgrado, Rajko Mitic Stadium

Árbitro: Jesús Gil Manzano (Espanha)

Gols: Aleksandar Mitrovic, Milinkovic-Savic, Jovic, Radonjic X Stojanovic

Os cumprimentos a Haaland, no centro, o artilheiro da Noruega
Os cumprimentos a Haaland, no centro, o artilheiro da Noruega Os cumprimentos a Haaland, no centro, o artilheiro da Noruega

SUÉCIA 1 X 2 NORUEGA

Solna, Friends Arena

Árbitro: Anthony Taylor (Inglaterra)

Gols: Elanga X Haaland/2/1 pen

DIVISÃO C-2

Grécia/6, Kosovo/3, Irlanda do Norte/1, Chipre/1

CHIPRE 0 X 0 IRLANDA DO NORTE

Larnaca, AEK Arena Georgios Karapatakis

Árbitro: Enea Jorji (Albânia)

KOSOVO 0 X 1 GRÉCIA

Prishtina, Fadil Vokrri Stadium

Árbitro: John Beaton (Escócia)

Gols: Bakasetas

DIVISÃO C-4

Geórgia/6, Macedônia do Norte/4, Bulgária/1, Gibraltar/0

GIBRALTAR 0 X 2 MACEDÔNIA DO NORTE

Gibraltar, Victoria Stadium

Árbitro: Alain Durieux (Luxemburgo)

Gols: Bardi, Nikolov

BULGÁRIA 2 X 5 GEÓRGIA

Razgrad, Huvepharma Arena

Árbitro: Fabio Maresca (Itália)

Gols: Atanas Iliev, Stefanov X Davitashvili, Andrea Hristov/con, Zivzivadze, Kvaratskhelia/pen, Qazaishvili

DIVISÃO D-2

Malta/3, Estônia/3, San Marino/0

SAN MARINO 0 X 2 MALTA

Serravalle, San Marino Stadium

Árbitro: Aliyan Aghayev (Azerbaidjão)

Gols: Jan Busuttil, Guillaumier

Próximos jogos:

Dia 6 de junho

Áustria
Áustria Áustria

DIVISÃO A-1

Áustria/3, Dinamarca/3, França/0, Croácia/0

ÁUSTRIA X DINAMARCA

CROÁCIA X FRANÇA

DIVISÃO B-2

Islândia1/, Israel/1, Albânia/0, Rússia/eliminada

ISLÂNDIA X ALBÂNIA

ISRAEL WO X 0 RÚSSIA

(A Uefa, como já fizera a Fifa, suspendeu a Rússia de todos os seus certames)

DIVISÃO C-3

Cazaquistão/3, Eslováquia/3, Belarus/0, Azerbaidjão/0

BELARUS X AZERBAIDJÃO

ESLOVÁQUIA X CAZAQUISTÃO

DIVISÃO D-1

Letônia/3, Moldávia/3, Liechtenstein/0, Andorra/0

ANDORRA X MOLDÁVIA

LETÔNIA X LIECHTENSTEIN

Dia 7 de junho

Hungria
Hungria Hungria

DIVISÃO A-3

Hungria/3, Itália/1, Alemanha1/, Inglaterra/0

ALEMANHA X INGLATERRA

ITÁLIA X HUNGRIA

DIVISÃO B-3

Montenegro/3, Bósnia/1, Finlândia/1, Romênia/0

BÓSNIA X ROMÊNIA

FINLÂNDIA X MONTENEGRO

DIVISÃO C-1

Turquia/3, Luxemburgo/3, Lituânia/0, Ilhas Far Oer/0

ILHAS FAR OER X LUXEMBURGO

LITUÂNIA X TURQUIA

Dia 8 de junho

Neerlândia, ex-Holanda
Neerlândia, ex-Holanda Neerlândia, ex-Holanda

DIVISÃO A-4

Neerlândia, a ex-Holanda/3, Polônia/3, Gales/0, Bélgica/0

BÉLGICA X POLÔNIA

GALES X HOLANDA

DIVISÃO B-1

Armênia/3, Ucrânia/0, Escócia/0, República da Irlanda/0

ESCÓCIA X ARMÊNIA

REPÚBLICA DA IRLANDA X UCRÂNIA

Estônia
Estônia Estônia

Dia 9 de junho

DIVISÃO D-2

Estônia/3, Malta/0, San Marino/0

MALTA X ESTÔNIA

Jogos anteriormente realizados:

DIVISÃO A

GRUPO 1

Didier Deschamps, treinador da França, e seu craque Mbappé, lesionado
Didier Deschamps, treinador da França, e seu craque Mbappé, lesionado Didier Deschamps, treinador da França, e seu craque Mbappé, lesionado

FRANÇA 1 X 2 DINAMARCA

CROÁCIA 0 X 3 ÁUSTRIA

GRUPO 2

REPÚBLICA TCHECA 2 X 1 SUÍÇA

ESPANHA 1 X 1 PORTUGAL

GRUPO 3

ITÁLIA 1 X 1 ALEMANHA

HUNGRIA 1 X 0 INGLATERRA

GRUPO 4

BÉLGICA 1 X 4 NEERLÂNDIA

POLÔNIA 2 X 1 GALES

DIVISÃO B

GRUPO 1

Mkhitaryan, da Armênia
Mkhitaryan, da Armênia Mkhitaryan, da Armênia

ARMÊNIA 1 X 0 REPÚBLICA DA IRLANDA

ESCÓCIA X UCRÂNIA

(Com a Ucrânia ainda empenhada na disputa de vaga na Copa do Catar, adiado para 21 de setembro)

GRUPO 2

ISRAEL 2 X 2 ISLÂNDIA

ALBÂNIA WO X 0 RÚSSIA

(A Uefa, como já fizera a Fifa, suspendeu a Rússia de todos os seus certames)

GRUPO 3

FINLÂNDIA 1 X 1 BÓSNIA

MONTENEGRO 2 X 0 ROMÊNIA

GRUPO 4

SÉRVIA 0 X 1 NORUEGA

ESLOVÊNIA 0 X 2 SUÉCIA

DIVISÃO C

GRUPO 1

Cengiz Under, da Turquia
Cengiz Under, da Turquia Cengiz Under, da Turquia

TURQUIA 4 X 0 ILHAS FAR OER

LITUÂNIA 0 X 2 LUXEMBURGO

GRUPO 2

CHIPRE 0 X 2 KOSOVO

IRLANDA DO NORTE 0 X 1 GRÉCIA

GRUPO 3

CAZAQUISTÃO 2 X 0 AZERBAIDJÃO

BELARUS 0 X 1 ESLOVÁQUIA

GRUPO 4

GEÓRGIA 4 X 0 GIBRALTAR

BULGÁRIA 1 X 1 MACEDÔNIA DO NORTE

DIVISÃO D

GRUPO 1

Nikita Kolesovs, da Letônia
Nikita Kolesovs, da Letônia Nikita Kolesovs, da Letônia

LETÔNIA 3 X 0 ANDORRA

LIECHTENSTEIN 0 X 2 MOLDÁVIA

GRUPO 2

ESTÔNIA 2 X 0 SAN MARINO

Particularmente engenhoso pela sua divisão em séries e em chaves, o projeto da Nations League estabelece um regime democrático de acessos e de rebaixamentos. Os vencedores das quatro chaves da Divisão A lutarão pelo título, em mata-matas, numa sede única, escolhida entre os quatro, de 14 a 18 de junho de 2023. E seu campeão abocanhará um prêmio equivalente a R$ 250 milhões, à parte o seu quinhão de patrocínios. Nas outras séries, da B à D, os campeões das chaves se promoverão à Divisão de cima. Claro, também cairão às turmas imediatamente inferiores, da A à B e da B à C, os últimos classificados de cada grupo. No caso da C para a D, os rabeiras ainda enfrentarão playoffs suplementares, a partir dos quais se safarão dois. A entidade ainda não decidiu de que modo esta NL servirá como classificação para a próxima Euro, de eliminatórias entre março e novembro de 2023, e de fase final toda na Alemanha, 24 seleções, entre 14 de junho e 14 de julho de 2024.

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “Facebook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.