Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Silvio Lancellotti - Blogs
Publicidade

Na despedida de Chiellini e Dybala, aos 94' Juve cede os 2 X 2 à Lazio

Última partida do capitão e do argentino pela "Senhora", que estreou uma camisa em honra do veterano. Graças ao empate, a "Águia" da capital da Bota ganhou uma vaga na Europa League.

Silvio Lancellotti|Do R7 e Sílvio Lancellotti

O carinho da torcida a Chiellini, depois de sua substituição
O carinho da torcida a Chiellini, depois de sua substituição O carinho da torcida a Chiellini, depois de sua substituição

Já consolidada a Juventus na quarta posição da tabela e também assegurada a sua vaga na próxima Champions League, assegurada na Série A a quase rebaixada Sampdoria, apenas sobrou para esta segunda-feira, dia 16 de Maio, a eventual melancolia de dois cotejos aparentemente desimportantes, Na rodada 37 do “Nazionale” de 2021/2022, a penúltima do torneio, se defrontariam Juve vs. Lazio e Samp vs. Fiorentina. De todo modo, dois prélios significativos para a qualificação em outras competições da UEFA. Graças à sua colocação no ranking da entidade, a Itália tem direito a duas equipes na Europa League e a um clube na Conference League. E preservavam as suas chances, pela ordem na classificação: Lazio, Fiorentina, Roma e Atalanta. Eis as sínteses dos dois combates desta segunda-feira:

Placar final, com destaque para Vlahovic, enfim de volta às redes
Placar final, com destaque para Vlahovic, enfim de volta às redes Placar final, com destaque para Vlahovic, enfim de volta às redes

JUVENTUS (4º/70/37) X LAZIO (5º/63/37)

Turim, Allianz Stadium

Árbitro: Giovanni Ayroldi

Publicidade

Gols: Vlahovic, Morata X Alex Sandro/con, Milinkovic-Savic

Tarefa complicada para a “Águia” de Maurízio Sarri, um ex-treinador da Juve: com uma inflamação no seu tornozelo direito, Ciro Immobile, o líder dos artilheiros do certame, sequer viajou a Turim. Porém, Max Allegri, o homem da “panchina” da “Senhora”, também amargava problemas de solução intrincada. Como se portariam, por exemplo, o capitão Chiellini e Paulo Dybala na sua anunciadíssima despedida com a camisa “bianconera”? E mais, voltaria o DV7, o sérvio Dusan Vlahovic, a registrar um gol depois de quatro partidas de inapetência cruelmente absoluta? O prélio transcorreria de maneira empolgante.

Publicidade
Na camisa nova da Juve, detalhe da homenagem ao grande Chiello
Na camisa nova da Juve, detalhe da homenagem ao grande Chiello Na camisa nova da Juve, detalhe da homenagem ao grande Chiello

Para melhor homenagear o Chiello e também para somar um dinheiro extra durante as férias do Calcio, a Juve estreou na porfia as suas camisas da próxima temporada. Claro, antecipou a correria às lojas. E o seu elenco não se poupou na procura do sucesso. Aos 10’, num cruzamento de Álvaro Morata, o DV7 se infiltrou por detrás da retaguarda da “Águia” e mergulhou de cabeça, 1 X 0. Pouco depois, de modo a ser aplaudido, em pé, por quase 40.000 “tifosi”, o Chiello foi substituído por De Ligt. Entregou a braçadeira exatamente a Dybala. Daí, demorou meia-hora até chegar aos vestiários, tantos eram os torcedores que sonhavam ao menos em tocá-lo no trajeto. Muito mais emocionante do que o jogo.

O Chiello entrega a braçadeira de capitão a Dybala
O Chiello entrega a braçadeira de capitão a Dybala O Chiello entrega a braçadeira de capitão a Dybala

Morata, que ainda é dúvida na Juve para a próxima “stagione”, anotaria o seu nome na antologia da peleja ao registrar 2 X 0 aos 36’. De calcanhar, Dybala tocou a Cuadrado que lançou o espanhol no flanco esquerdo. Morata se desvencilhou, espetacularmente, de dois adversários, e fuzilou cruzado, sem qualquer chance para uma intervenção de Strakosha. Num infortúnio da “Senhora” a Lazio diminuiu aos 51’. Cataldi cobrou um escanteio, Patric testou, a bola rumava à linha de fundo mas Alex Sandro interferiu e desviou às redes de Perin. E a “Águia” exibiu as suas garras, atrás do empate. Pena que Allegri tenha sacado do time Vlahovic e Dybala. Com ambos no gramado a festa se engalanaria melhor. E talvez a visitante não igualasse o resultado aos 94’, em um “contropiede” de Milinkovic-Savic. Alívio de Sarri e de meia Roma, a Lazio com 63 pontos e com a sua vaga na Europa League.

Publicidade
Sampdoria, devastadora diante da Fiorentina
Sampdoria, devastadora diante da Fiorentina Sampdoria, devastadora diante da Fiorentina

SAMPDORIA (15º/36/37) 4 X 1 FIORENTINA (7º/59/37)

Gênova, Stadio Luigi Ferraris

Árbitro: Maurizio Mariani

Gols: Farrari, Quagliarella, Thorsby, Sabiri X González/pen

Irregularíssima, apenas uma vitória nas suas cinco pelejas mais recentes, três tentos a seu favor e nove sofridos, a esquadra “Viola” de Vincenzo Italiano necessitava de um sucesso no Ferraris para manter as suas probabilidades de voltar às disputas continentais depois de meia década. E à “Blucerchiata” da Ligúria restava a imperiosidade de sua atuação decente diante de uma “tifoseria” que resistiu aos abalos de uma temporada pendular, o constante perigo do desabamento até o domingo anterior, dia 15 de Maio. Foi muito, muito mais do que simplesmente decente. Em uma partida certamente inesquecível, a Samp esmigalhou uma Fiorentina irreconhecível. Inacreditável, uma equipe que mal fugiu da humilhação da zona de rebaixamento conseguiu arrasar uma necessitadíssima de uma vaga na Europa.

Jogos do sábado, dia 14 de Maio:

ROMA (6º/60/37) 1 X 1 VENEZIA (20º/26/37)

Gols: Shomurodov X Okereke

VERONA (9º/52/37) 0 X 1 TORINO (10º/50/37)

Gol: Brekalo

Thiago Motta, o treinador da "salvezza" do Spezia
Thiago Motta, o treinador da "salvezza" do Spezia Thiago Motta, o treinador da "salvezza" do Spezia

UDINESE (12º/44/37) 2 X 3 SPEZIA (15º/36/37)

Gols: Molina, Mari X Verde, Gyasi, Maggiore

EMPOLI (14º/38/37) 1 X 1 SALERNITANA (17º/31/37)

Gols: Cutrone X Bonazzolli

Jogos do domingo, dia 15 de Maio:

MILAN (1º/83/37) 2 X 0 ATALANTA (8º/59/37)

Gols: Rafael Leão, Theo Hernández

CAGLIARI (18º/29/37) X INTER (2º/81/37)

Gols: Lykogiannis X Darmien, Lautaro/2

Insigne, adeus Napoli
Insigne, adeus Napoli Insigne, adeus Napoli

NAPOLI (3º/76/37) 3 X 0 GENOA (19º/28/37)

Gols: Osimhen, Insigne/pen, Lobotka

BOLOGNA (13º/43/37) 1 X 3 SASSUOLO (11º/50/37)

Gols: Orsolini/pen X Scamacca/2, Berardi

Inaugurada em 21 de agosto de 2021, e com seu desfecho previsto para 22 de maio de 2022, esta edição da Série A do Futebol da Velha Bota, a 120ª na História do Calcio, a 90ª desde a implantação do campeonato de pontos corridos, já viu 370 jogos e 1.063 tentos, média de 2,87. Principais artilheiros: com 27 gols, Ciro Immobile (Lazio); Dusan Vlahovic, 24 (Fiorentina/Juve = 17/7); Lautaro Martínez (Inter), 21; Gianluca Scamacca (Sassuolo) e Giovanni Simeone (Verona), 16; Tammy Abraham (Roma) e Domenico Berardi (Sassuolo), 15; Marko Arnautovic (Bologna) e Viktor Osimhen (Napoli), 14; Mario Pasalic (Atalanta), João Pedro (Cagliari), Andrea Pinamonti (Empoli) e Edin Dzeko (Inter) 13; Gerard Deulofeu (Udinese) e Gianluca Caprari (Verona), 12; Sergej Milinkovic-Savic (Lazio), Rafael Leão (Milan), Lorenzo Insigne e Dries Mertens (Napoli), Francesco Caputo (Sampdoria), Beto (Udinese) e Antonin Barak (Verona), 11.

Immobile, no dia em que lesionou o tornozelo direito
Immobile, no dia em que lesionou o tornozelo direito Immobile, no dia em que lesionou o tornozelo direito

A última rodada, todos os jogos em 22 de Maio:

SASSUOLO X MILAN

INTER X SAMPDORIA

SPEZIA X NAPOLI

FIORENTINA X JUVENTUS

LAZIO X VERONA

TORINO X ROMA

ATALANTA X EMPOLI

GENOA X BOLOGNA

SALERNITANA X UDINESE

VENEZIA X CAGLIARI

Milan, o público acumulado no San Siro na temporada de 2021/2022
Milan, o público acumulado no San Siro na temporada de 2021/2022 Milan, o público acumulado no San Siro na temporada de 2021/2022

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, vã com cautela e solidariedade, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.