Silvio Lancellotti Mesmo com o CR7 no banco, a Juve consegue sua vaga na Champions

Mesmo com o CR7 no banco, a Juve consegue sua vaga na Champions

Precisava bater o Bologna e passeou, 4 X 1. Necessitava de um tropeço do Milan, não deu. 2 X 0 na Atalanta. E de um escorregão do Napoli, em casa, e houve um incrível empate com o Verona.

Juventus, no encerramento do combate a celebração da vaga na "Champions"

Juventus, no encerramento do combate a celebração da vaga na "Champions"

@JuventusFC

Para a Juventus de Turim funcionou como aquecimento a conquista da Copa Itália, na quarta-feira, dia 19 de Maio, graças ao seu sucesso de 2 X 1 sobre a Atalanta, o seu 14º galardão no segundo torneio mais importante do “Calcio” na Bota. Neste domingo, dia 23, mesmo sem comemorar o seu insólito décimo título consecutivo, ao menos a Juve pôde vibrar, no limite dos limites, com a sua manutenção entre as quatro primeiras agremiações do “Nazionale” da temporada de 2020/2021 e, também, a sua qualificação à próxima Liga dos Campeões, a tão desejada “Champions League” da UEFA em 2021/2022.

Napoli, dentro de casa, a desolação pela perda da vaga na "Champions"

Napoli, dentro de casa, a desolação pela perda da vaga na "Champions"

@Serie A Calcio

Proveniente de uma “stagione” conturbada e sofrível, de meros 75 pontos acumulados em 111 disponíveis, muito menos que a média de quase 90 no transcorrer do enea, a Juve necessitava de uma conjuminação bem afortunada de resultados para se colocar entre as quatro. No Dall’Ara do adversário, compulsoriamente, precisava sobrepujar o Bologna. E paralelamente precisava de um escorregão de algum de seus dois inimigos diretos pelo visto de acesso à “Champions”, ambos com 76: o Napoli, que hospedaria o Verona, e o Milan, que visitaria a Atalanta. O Milan ganhou mas o Napoli empacou. Alívio na Juve,


Eis as sínteses dos principais jogos do domingo:

Milan, a comemoração pelo consolo da vice-liderança no "Nazionale"

Milan, a comemoração pelo consolo da vice-liderança no "Nazionale"

@Serie A Calcio

ATALANTA 0 X 2 MILAN
Bérgamo, Stadio Atleti Azzurri d’Italia
Árbitro: Maurizio Mariani

Gols: Kessie/2/2pen

Um pênalti claro, aos 40’, o esbarrão fatal de Mahele em Theo Hernández, colocou o Milan à frente no cotejo, na vice do certame e também na “Champions”. Kessie bateu gelidamente, estático o arqueiro Gollini. Foi o 12º tento do marfinense no torneio, o seu décimo das onze jardas. E ele ainda perpetraria um bis, e de pênalti, nos acréscimos do cotejo.

Juventus, um passeio no gramado do Dall'Ara do Bologna

Juventus, um passeio no gramado do Dall'Ara do Bologna

@Serie A Calcio

BOLOGNA 1 X 4 JUVENTUS
Bolonha, Stadio Renato Dall’Ara
Árbitro: Paolo Valeri

Gols: Orsolini X Chiesa, Morata/2, Rabiot

Na sua atitude mais audaciosa de todo o campeonato, o treinador Andrea Pirlo deixou no banco o seu artilheiro Cristiano Ronaldo. E a Juve despachou o Bologna com a tranqüilidade de quem obtivera um enea e não com toda a tensão de quem batalhava por uma vaga na “Champions”. Federico Chiesa inaugurou  o placar e definiu o prélio logo aos 6’.

No banco, o CR7 e Chiellini ansiosos pelo desfecho do cotejo de Nápoles

No banco, o CR7 e Chiellini ansiosos pelo desfecho do cotejo de Nápoles

@JuventusFC

Depois de realizar 1 X 0, a “Senhora” passeou no através do gramado do Dall’Ara, obviamente mais interessada no que ocorria com Milan e com Napoli. Como o prélio de Bolonha terminou dois minutos antes, todo o time da Juve se concentrou, na lateral do campo, a acompanhar o que sucedia principalmente na Terra da Pizza. Incrível: ocorreu uma celebração muito mais efusiva do que se viu em cada gol. Mesmo sem o CR7 na pugna mais crucial, a “Senhora” se promoveu à “Champions”. E lá estará com o CR7.

Napoli, o desperdício de um passaporte que já parecia visado

Napoli, o desperdício de um passaporte que já parecia visado

@Serie A Calcio

NAPOLI 1 X 1 VERONA
Nápoles, Stadio Diego Armando Maradona
Árbitro: Daniele Chiffi

Gols: Rrahmani X Faraoni

Impressionante o sufoco a que se submeteu o “Burro” de Gennaro Gattuso. Diante de um elenco apenas mediano, e totalmente descompromissado com o resultado, fez 1 X 0 com Rrahmani aos 60’ mas permitiu a igualdade logo em seguida, aos 69, Faraoni. Depois, enquanto o Milan e a Juventus seguiam vitoriosos, se entregou ao sofrimento e ao desespero. Desafortunado Napoli, não conseguiu o gol salvador, ficou sem a “Champions” e, certamente, ficará também sem o "mister" Gattuso, que saiu furioso do gramado.

Sassuolo, apesar da vitória a tristeza por ficar fora da Europa

Sassuolo, apesar da vitória a tristeza por ficar fora da Europa

@Serie A Calcio

SASSUOLO 2 X 0 LAZIO
Reggio nell’Emilia, MAPEI Stadium
Árbitro: Alessandro Prontera

Gols: Kyriakopoulos, Berardi/pen

Tinha que vencer a “Águia” de modo a preservar alguma chance de conquistar a vaga única da Bota na novíssima “Conference League”. E cumpriu a sua missão, diante de um time até indiretamente feliz por perder: tal resultado, talvez, pudesse tirar da Europa exatamente a rivalérrima Roma. A igualdade da “Loba” em Spezia estragou uma bela "stagione".

Roma, uma qualificação complicada pela sua própria cartolagem

Roma, uma qualificação complicada pela sua própria cartolagem

@Serie A Calcio

SPEZIA 2 X 2 ROMA
La Spezia, Stadio Alberto Picco
Árbitro: Ivano Pezzutto

Gols: Verde, Pobega X El Shaarawi, Mkhitaryan

A cartolagem da “Loba” criou um frenesi desnecessário ao contratar o polêmico José Mourinho como seu Diretor Técnico duas semanas antes de o “Nazionale” terminar. De todo modo, a equipe da capital padeceu, padeceu, mas arrancou um empate ao Spezia no finalzinho do seu jogo na Ligúria e só ficou com a vaga na “Conference League” por causa do seu saldo maior, 10 X 8 contra o Sassuolo. Terá bastante trabalho o Zé "Special One".


Os prélios da jornada 38, a derradeira do “Nazionale”:

NO SÁBADO:
Cagliari (37/16) 0 X 1 Genoa (42/11)
Crotone (23/19) 0 X 0 Fiorentina (40/13)
Sampdoria (52/9) 3 X 0 Parma (20/20)

Inter, na peleja derradeira, a festa, mesmo, pelo "scudetto" número 19

Inter, na peleja derradeira, a festa, mesmo, pelo "scudetto" número 19

@Inter

NO DOMINGO
Atalanta (78 pontos/3º lugar) 0 X 2 Milan (79/2)
Bologna (41/12) 1 X 4 Juventus (78/4)
Inter (91/1) 5 X 1 Udinese (40/14)
Napoli (77/5) 1 X 1 Verona (45/10)
Sassuolo(62/8) 2 X 0 Lazio (68/6)
Spezia (39/15) 2 X 2 Roma (62/7)
Torino (37/17) 1 X 1 Benevento (33/18) 


Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas