Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Silvio Lancellotti - Blogs
Publicidade

Incrível, na Champions o Atlético de Madrid desaloja o Porto e o MIlan

Num Grupo, o B, que até já parecia encaminhado, os "Colchoneros" devastaram o "Dragão", 3 X 1, em Portugal, e o Liverpool, 18 pontos em 18, derrubou o "Diavolo", 2 X 1, de virada, em plena Lombardia

Silvio Lancellotti|Do R7 e Sílvio Lancellotti


Os doze clubes já classificados às oitavas de final
Os doze clubes já classificados às oitavas de final

Do Grupo A até o Grupo D, já se conhecem oito clubes que disputarão as oitavas de final da Champions League da Europa, temporada de 2021/2022. Depois dos cotejos desta terça-feira, dia 7 de Dezembro, se consolidaram os cabeças-de-chave e seus vice-campeões. No Grupo A, o Manchester City da Inglaterra e o PSG da França. No B, Liverpool da Inglaterra e Atlético de Madrid, Espanha. No C, o Ajax da Neerlândia, o novo batismo da antiga Holanda, e o Sporting de Portugal. No D, o Real Madrid da Espanha e a Inter da Itália. Ficaram com o consolo dos terceiros, a respescagem na Europa League, respectivamente o RB Leipzig da Alemanha, o Porto de Portugal, o Borussia Dortmund da Alemanha e o Sheriff da Moldávia.

O Liverpool, 18 pontos em 18 disponíveis
O Liverpool, 18 pontos em 18 disponíveis

Nesta quarta-feira dia 8 se definirão os quatro times que escoltarão os já confirmados. No Grupo E, o Bayern da Alemanha. No F, o Manchester United da Inglaterra. No H, o Chelsea da Inglaterra e a Juventus da Itália. Apenas o Grupo G ainda não promoveu nenhuma agremiação à próxima etapa. Então, na próxima segunda-feira dia 13, em Nyon, Suíça, no opulento QG da UEFA, a entidade que organiza o Futebol no Velho Continente, acontecerá o sorteio dos emparceiramentos. Existirão dois potes, um com os campeões e o outro com os vices de cada Grupo. Esse bingo estabelecerá os duelos que ocorrerão, na ida, em 15/16 e 22/23 de Fevereiro, e na volta em 8/9 e 15/16 de Março. Não haverá jogos de times de mesmo país ou de mesmo Grupo. Os cabeças-de-chave mandarão os combates de retorno. E aos terceiros sobrará a repescagem na Europa League, uma espécie de Série B.

As fichas e as sínteses dos jogos desta terça, dia 7:

GRUPO A

Publicidade
RB Leipzig
RB Leipzig

RB LEIPZIG (Ale) 2 X 1 MANCHESTER CITY (Ing)

Leipzig, RB Arena, 42.600 lugares

Publicidade

Público: Portões fechados, por causa da Covid-19

Árbitro: Sandro Schaerer (Sui)

Gols: Szoboszlai, André Silva X Mahrez

Não, não se poupou o City, já assegurado como o líder do seu Grupo. Na verdade, foram os alemães que acertaram o seu melhor jogo nesta fase de chaves da Champions. E então se garantiram na consolação de uma repescagem na EL.

Messi e Mbappé, dois gols cada
Messi e Mbappé, dois gols cada

PSG (Fra) 4 X 1 CLUB BRUGGE (Bel)

Paris, Parc des Princes, 47.929 lugares

Público: 47.492

Árbitro: Jesús Gil Manzano (Esp)

Gols: Mbappé/2, Messi/2/1pen X Rits

Incrível. Parece que sem Neymar, porém, a dupla Messi + Mbappé se sente muito mais livre e mais solta dentro de uma peleja. No seu Parc des Princes praticamente lotado, um literal passeio de bola dos dominadores franceses.

Jogos anteriores:

MANCHESTER CITY 6 X 3 RB LEIPZIG

CLUB BRUGGE 1 X 1 PSG

RB LEIPZIG 1 X 2 CLUB BRUGGE

PSG 2 X 0 MANCHESTER CITY

CLUB BRUGGE 1 X 5 MANCHESTER CITY

PSG 3 X 2 RB LEIPZIG

RB LEIPZIG 2 X 2 PSG

MANCHESTER CITY 4 X 1 CLUB BRUGGE

MANCHESTER CITY 2 X 1 PSG

CLUB BRUGGE 0 X 5 RB LEIPZIG

Classificação:

1 – Manchester City.12pg (cabeça-de-chave)

2 – PSG, 11pg (vice)

3 – RB Leipzig, 7pg (à Europa League)

4 – Club Brugge, 4pg

GRUPO B

Atlético de Madrid
Atlético de Madrid

PORTO (Por) 1 X 3 ATLÉTICO DE MADRID (Esp)

Estádio do Dragão, 50.035 lugares

Público: 38.830

Árbitro: Clément Turpin (Fra)

Gols: Sérgio Oliveira/Pen X Griezmann, Angel Correa, De Paul

Na sua melhor partida desta fase de chaves, o Atlético, irresistível, sobrepujou o Porto, inverteu completamente a tabela de classificação do Grupo B e, da última posição, estoicamente passou à primeira, desalojou o Porto, que só precisava de um empate, e remeteu o pobre Milan a uma amarga última colocação, adeus Europa nesta temporada.

Detalhe do gol de Salah, para o Liverpool
Detalhe do gol de Salah, para o Liverpool

MILAN (Ita) 1 X 2 LIVERPOOL (Ing)

Milão, Stadio di San Siro, 75.923 lugares

Público: 56.237

Árbitro: Danny Makkelie (Nee)

Gols: Tomori X Salah, Origi

Melhor o Milan, aos 28’, logo depois de Ibrahimovic, fominha, perder a chance do 1 X 0, num escanteio batido por Júnior Messias, o becão Romagnoli desviou, Alisson Becker rebateu e outro zagueiro, Tomori, aproveitou a sobra e concedeu algum alento à torcida do “Diavolo”. Logo aos 35, todavia, coube a Maignan escorar mal um tiro longo de Oxlade-Chamberlain, rebateu precisamente no pé de Salah, 1 X 1. Pior, aos 55’, petulante, Tomori tentou se livrar de Sadio Mané na entrada da sua área e lhe entregou a pelota. Mané fulminou e Maignan rebateu exatamente na testa de Origi, Liverpool 2 X 1. Pelos seus próprios erros, nem uma repescagem o Milan conseguiu

Jogos anteriores:

LIVERPOOL 3 X 2 MILAN

ATLÉTICO DE MADRID 0 X 0 PORTO

MILAN 1 X 2 ATLÉTICO DE MADRID

PORTO 1 X 5 LIVERPOOL

ATLÉTICO DE MADRID 2 X 3 LIVERPOOL

PORTO 1 X 0 MILAN

MILAN 1 X 1 PORTO

LIVERPOOL 2 X 0 ATLÉTICO DE MADRID

LIVERPOOL 2 X 0 PORTO

ATLÉTICO DE MADRID 0 X 1 MILAN

Classificação:

1 – Liverpool, 18pg (cabeça-de-chave)

2 – Atlético de Madrid, 7pg (vice)

3 – Porto, 5pg (Europa League)

4 – Milan, 4 pg

GRUPO C

A festa do Ajax pelos 100% de aproveitamento
A festa do Ajax pelos 100% de aproveitamento

AJAX (Nee) 4 X 2 SPORTING (Por)

Amsterdam, Johan Cruyff Arena, 55.500 lugares

Público: Portões fechados por causa da Covid-19

Árbitro: Dàvide Massa (Ita)

Gols: Sébastien Haller/pen, Antony, Neres, Berghuis X Nuno Santos, Bruno Tabata

Ambos os times já assegurados, o prélio serviu para que Sébastien Haller, momentaneamente, abocanhasse o topo da relação dos artilheiros. O Sporting terminou esta fase com o mesmo número de pontos do Borussia mas levou a segunda colocação no confronto direto, uma derrota por 0 X 1 em Dortmund, e uma vitória de 3 X 1 em Lisboa.

Haaland, do Borussia Dortmund, voltou tarde demais
Haaland, do Borussia Dortmund, voltou tarde demais

BORUSSIA DORTMUND (Ale) 5 X 0 BESIKTAS (Tur)

Dortmund, Signal Iduna Park, 65.829 lugares

Público: 15.000 (limite de ingressos à venda)

Árbitro: François Letexier (Fra)

Gols: Malen, Reus/2/1pen, Haaland/2

Obviamente, a ausência do norueguês Erling Haaland, que só havia participado de duas porfias e anotado um gol, antes de se lesionar, puniu a “Muralha Amarela” de Dortmund. Nesta partida, mera confirmação da sua vaga na repescagem, Haaland entrou aos 63’ e, rapidinho, cravou dois tentos e ampliou a 5 X 0, o triunfo da equipe.

Jogos anteriores:

BESIKTAS 1 X 2 BORUSSIA DORTMUND

SPORTING 1 X 5 AJAX

AJAX 2 X 0 BESIKTAS

BORUSSIA DORTMUND 1 X 0 SPORTING

BESIKTAS 1 X 4 SPORTING

AJAX 4 X 0 BORUSSIA DORTMUND

BORUSSIA DORTMUND 1 X 3 AJAX

SPORTING 4 X 0 BESIKTAS

BESIKTAS 1 X 2 AJAX

SPORTING 3 X 1 BORUSSIA DORTMUND

Classificação:

1 – Ajax, 18pg

2 – Sporting, 9pg

3 – Borussia Dortmund, 9pg

4 – Besiktas, 0 pg

Real Madrid, detalhe do gol de Kroos
Real Madrid, detalhe do gol de Kroos

GRUPO D

REAL MADRID 2 X 0 INTERNAZIONALE

Madrid, Santiago Bernabéu, 81.044 lugares

Público: 46.887

Árbitro: Felix Brych (Ale)

Gols: Kroos, Asensio

À frente no placar desde o petardo de Kroos, de fora da área, aos 17’, o clube “Merengue”, muito bem armado por Carlo Ancelotti, não permitiu a ascensão da Inter. Bela exibição de Rodrygo, ex-Santos, e de Vinícius Junior, ex-Flamengo, os garotos brasileiros do Real.

Shakhtar X Sheriff
Shakhtar X Sheriff

SHAKHTAR DONETSK 1 X 1 SHERIFF

Kiev, NSC Olimpiyskiy, 70.050 lugares

Público: 6.841

Árbitro: Donatas Rumsas (Lit)

Gols: Fernando, Nikolov

A bela surpresa desta edição da Champions, o elenco da Moldávia batalhou até o fim do combate na Ucrânia e, aos 93’, conseguiu arrancar a igualdade ao Shakhtar.

Jogos realizados:

SHERIFF 2 X 0 SHAKHTAR DONETSK

INTERNAZIONALE 0 X 1 REAL MADRID

SHAKHTAR DONETSK 0 X 0 INTERNAZIONALE

REAL MADRID 1 X 2 SHERIFF

SHAKHTAR DONETSK 0 X 5 REAL MADRID

INTERNAZIONALE 3 X 1 SHERIFF

REAL MADRID 2 X 1 SHAKHTAR DONETSK

SHERIFF 1 X 3 INTERNAZIONALE

INTERNAZIONALE 2 X 0 SHAKHTAR DONETSK

SHERIFF 0 X 3 REAL MADRID

Classificação:

1 – Real Madrid, 15pg

2 – Internazionale, 10pg

3 – Sheriff, 7pg

4 – Shakhtar Donetsk, 2pg

As chaves e os jogos da quarta-feira, dia 8:

A classificação do Grupo E
A classificação do Grupo E

GRUPO E

BAYERN X BARCELONA

Munique, Allianz Arena, 70.000 lugares

Árbitro: Ovidiu Hategan (Romênia)

BENFICA X DINAMO KIEV

Lisboa, Estádio da Luz, 64.642 lugares

Árbitro: Deniz Aytekin (Alemanha)

Jogos realizados:

BARCELONA 0 X 3 BAYERN

DYNAMO KIEV 0 X 0 BENFICA

BENFICA 3 X 0 BARCELONA

BAYERN 5 X 0 DYNAMO KIEV

BARCELONA 1 X 0 DYNAMO KIEV

BENFICA 0 X 4 BAYERN

BAYERN 5 X 2 BENFICA

DYNAMO KIEV 0 X 1 BARCELONA

DINAMO KIEV 1 X 2 BAYERN

BARCELONA 0 X 0 BENFICA

Análise:

Já assegurado, evidentemente, o Bayern se empenhará em eliminar o Barça das oitavas. E como o Benfica é um favorito destacado a derrotar o Dinamo Kiev, em Lisboa, ao Barça apenas servirá um triunfo, bastante difícil, como visitante em Munique. Caso empate, e o Benfica vença, o clube encarnado da “Águia” de Portugal prevalecerá via confronto direto.

A classificação do Grupo F
A classificação do Grupo F

GRUPO F

ATALANTA X VILLARREAL

Bérgamo, Gewiss Stadium, 21.000 lugares

Árbitro: Anthony Taylor (Inglaterra)

MANCHESTER UNITED X YOUNG BOYS

Manchester, Old Trafford, 74.140

Árbitro: Benoît Bastien (França)

Jogos realizados:

YOUNG BOYS 2 X 1 MANCHESTER UNITED

VILLARREAL 2 X 2 ATALANTA

ATALANTA 1 X 0 YOUNG BOYS

MANCHESTER UNITED 2 X 1 VILLARREAL

MANCHESTER UNITED 3 X 2 ATALANTA

YOUNG BOYS 1 X 4 VILLARREAL

ATALANTA 2 X 2 MANCHESTER UNITED

VILLARREAL 2 X 0 YOUNG BOYS

VILLARREAL 0 X 2 MANCHESTER UNITED

YOUNG BOYS 3 X 3 ATALANTA

Análise:

Já assegurado, e cabeça-de-chave, o Manchester United. Em Bérgamo, caso a sua retaguarda não traia a eficiência costumeira do seu ataque, a Atalanta de Gian Piero Gasperini ganhará a segunda vaga com uma vitória simples sobre o Villarreal.

A classificação do Grupo G
A classificação do Grupo G

GRUPO G

WOLFSBURG X LILLE

Wolfsburg, Volkswagen Arena, 26.000 lugares

Árbitro: Daniele Orsato (Itália)

RB SALZBURG X SEVILLA

Salzburgo, Stadion Wals-Siezenheim, 31.895 lugares

Árbitro: Slavko Vincic (Eslovênia)

Jogos realizados:

SEVILLA 1 X 1 RB SALZBURG

LILLE 0 X 0 WOLFSBURG

RB SALZBURG 2 X 1 LILLE

WOLFSBURG 1 X 1 SEVILLA

LILLE 0 X 0 SEVILLA

RB SALZBURG 3 X 1 WOLFSBURG

SEVILLA 1 X 2 LILLE

WOLFSBURG 2 X 1 RB SALZBURG

SEVILLA 2 X 0 WOLFSBURG

LILLE 1 X 0 RB SALZBURG

Análise:

Tudo, tudo bastante complicado neste Grupo F. O Lille jogará pelo empate contra o Wolfsburg, no campo do inimigo. Mas, caso perca, ficará em desvantagem pelo critério do confronto direto. O Salzburg também pode se promover mesmo com uma igualdade, em casa, diante do Sevilla. Pode, desde que não aconteça o tríplice empate nos oito pontos. Nessa eventualidade, tudo dependerá dos saldos de tentos, dos números de gols marcados etcetera e tal. O Sevilla precisa sobrepujar o Salzburg. Mas, caso empate, precisa torcer para que o Wolfsburg não suplante o Lille. E o Wolfsburg precisa ganhar do Lille com uma folga alentada. E, ainda assim, dependerá do placar do outro jogo do Grupo.

A classificação do Grupo H
A classificação do Grupo H

GRUPO H

ZENIT X CHELSEA

São Peterburgo, Krestovsky Stadium, 64.468 lugares

Árbitro: Serdar Gozubuyk (Neerlândia)

JUVENTUS X MALMOE

Turim, Allianz Stadium, 41.507 lugares

Árbitro: Irfan Peljto (Bósnia e Herzegovina)

Jogos realizados:

CHELSEA 1 X 0 ZENIT

MALMOE 0 X 3 JUVENTUS

ZENIT 4 X 0 MALMOE

JUVENTUS 1 X 0 CHELSEA

ZENIT 0 X 1 JUVENTUS

CHELSEA 4 X 0 MALMOE

MALMOE 0 X 1 CHELSEA

JUVENTUS 4 X 2 ZENIT

CHELSEA 4 X 0 JUVENTUS

MALMOE 1 X 1 ZENIT

Análise:

Nem que a Rainha determine o Chelsea desperdiçará a liderança do seu Grupo J. Supera a Juventus no quesito do seu confronto direto. Também parece absolutamente inviável que o Malmoe tire a bem mais clara possibilidade de repescagem do Zenit.

Gabriel Hanot entrega a primeira "Bola de Ouro" ao inglês Stanley Matthews
Gabriel Hanot entrega a primeira "Bola de Ouro" ao inglês Stanley Matthews

Idealizada em 1955 pela prestigiosa revista semanal “L´Equipe” da França, naquela época dirigida por um antigo craque, o então jornalista Gabriel Hanot (1889-1968), nos seus primórdios a atual Champions League abrigou meros 16 times, selecionados via critérios bem vagos, como a “representatividade” e o “prestígio”, de acordo com a opinião da redação. O Real Madrid amealhou o troféu na sua primeira edição. Com o andar do tempo esses parâmetros se ajustaram e até 1993 a Champions de fato ostentou basicamente vencedores de torneios nacionais. Então, se submeteu a uma providencial revolução.

A taça e os clubes da Champions de 2021/2022
A taça e os clubes da Champions de 2021/2022

A partir de um ranking complexo, que considera os combates dos interclubes da Europa nas cinco temporadas imediatamente anteriores, acomodou outras agremiações e se tornou a Champions League, ou a Liga dos Campeões, a ChL, agora na sua 67ª edição no total e no seu 30º aniversário desde a reformulação radical. Em 2020/2021 o Chelsea da Inglaterra abiscoitou a sua taça de prata, 74cm de altura e 11kg de peso. E esta disputa de 2021/2022, desde o seu início, em 22 de Junho, prova ser uma das menos convencionais. Por exemplo, principiou com 80 agremiações de 54 das 55 federações da UEFA – a única exceção, Liechtenstein, com as suas sete equipes, participa, a convite, dos campeonatos da Suíça. Preservou 26 clubes de ranking superior e depositou 54 num verdadeiro moedor de eliminatórias de modo que, em mata-matas, sobrevivessem exclusivamente seis.

Haller, do Ajax, agora o artilheiro solitário
Haller, do Ajax, agora o artilheiro solitário

No moedor das eliminatórias ocorreram 93 jogos em que se anotaram 245 gols. Os seis times resistentes e os 26 privilegiados, ou 32, acabaram divididos, por sorteio, em oito chaves de quatro cada. E nessas chaves já houve 88 duelos nos quais se realizaram 273 gols, a média de 3,10. No acumulado, em 181 combates, 518 tentos, a média de 2.87. Num continente que, aos trambolhões, se resgata da crise provocada pela pandemia da Covid-19, se revelou ótima a afluência de público aos estádios da Champions. Nos 88 combates das chaves, 2.812.764 espectadores, a média de 31.963. Os artilheiros: Sébastien Haller (Ajax), com 10. Robert Lewandowski (Bayern), 9. Christopher Nkunku (RB Leipzig) e Salah (Liverpool), 7. Cristiano Ronaldo (Manchester United), com 6. Final em 25 de Maio de 2022, um sábado, no Krestovsky Stadium de São Petersburgo, na Rússia.

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.