Silvio Lancellotti As datas e os endereços no futuro do Futebol do Velho Continente

As datas e os endereços no futuro do Futebol do Velho Continente

Em dois dias de reuniões, enfim a UEFA decidiu como se complementarão a sua Champions League e a sua Europa League da temporada de 2019/20

As taças da Champions League e da Europa League

As taças da Champions League e da Europa League

UEFA

Depois de dois dias tensos e exaustivos de videoconferências, na noite de quinta, 19 de Junho, a UEFA, a entidade que organiza o Ludopédio no Velho Continente, definiu os desdobramentos do seu futuro para este ano de 2020. Sob a presidência do russo Aleksander Ceferin, 52 anos de idade, no trono desde 14 de Setembro de 2016 e um salário mensal equivalente a R$ 700 mil, representantes das suas 55 federações afiliadas estabeleceram as regras e os protocolos para um seguro retorno aos campos de todas as suas categorias, principalmente os clubes da Champions League e da Europa League.

Aleksander Ceferin, o presidente da UEFA

Aleksander Ceferin, o presidente da UEFA

UEFA

Num longo discurso de desfecho do conclave, Ceferin manifestou o seu orgulho pela forma audaciosa, corajosa, com que a UEFA enfrentou a crise provocada pela Covid-19, a partir do ousado adiamento da Eurocopa/2020: “Engenhosamente nós criamos um espaço de tempo para que as afiliadas pudessem solucionar a questão dos seus campeonatos nacionais. Soubemos exercer uma liderança serena mas firme desde o despertar da crise e, assim, impedimos uma complicação talvez fatal. Felizmente, graças à união, mesmo, de todas as federações, seus clubes, os atletas outros personagens relevantes, saímos da crise super-sincronizados em benefício dos ideais comuns.”

Eis, sinteticamente, como ficou o calendário da entidade:

O Liverpool, detentor do troféu da Champions League, já eliminado

O Liverpool, detentor do troféu da Champions League, já eliminado

liverpoolfc.com

CHAMPIONS LEAGUE DE 2019/20

Já classificados Atalanta/ITA, Atlético de Madrid/ESP (que eliminou o Liverpool/ING detentor do troféu), mais PSG/França e RB Leipzig/ALE, ainda precisam acontecer quatro duelos da fase de oitavas-de-final: Barcelona/ESP X Napoli/ITA (no prélio de ida, 1 X 1), Bayern/ALE X Chelsea/ING (3 X 1), Juventus/ITA X Lyon/FRA (0 X 1), Manchester City/ING X Real Madrid/ESP (2 X 1). Os cotejos de retorno deverão ocorrer em 7 e 8 de Agosto.

A UEFA ainda decidirá as sedes. Ou nas casas das equipes agora mandantes, ou em Portugal, o país já escolhido para abrigar, de 12 até 23 de Agosto, em confrontos do estilo mata-mata, as quartas, as semis e a final. Nos duelos que remanescem das oitavas, caso ocorra um empate de pontos, continuará a valer o tradicional critério de contarem o dobro os tentos como visitante.

O Estádio da Luz de Lisboa, Portugal

O Estádio da Luz de Lisboa, Portugal

slbenfica

Portugal colocou à disposição três endereços. O Estádio da Luz, do Benfica de Lisboa, seguramente hospedará, no mínimo, a final. Os outros dois são o Estádio de Dragão, do Porto, e o Estádio Dom Afonso Henriques, do Vitória de Guimarães. Um sorteio, marcado para 10 de Agosto e, como de costume, na sede da UEFA em Nyon, na Suíça, determinará os prélios das quartas, que se realizarão em 12/13/14/15, e pré-desenhará as semis dos dias 18 e 19.

No caso de igualdade em tentos no tempo regulamentar, os cotejos terão prorrogações e, eventualmente, a disputa de penais. Principiarão, sempre, às 16h00 (de Brasília). A cidade de Istambul, que concordou em repassar a final a Lisboa, hospedará a decisão de 2021. Circunstância que levará as seguintes para São Petersburgo/2022, Munique/2023 e Wembley-Londres/2023.

O Chelsea, detentor do troféu da Europa League, agora em busca do bi

O Chelsea, detentor do troféu da Europa League, agora em busca do bi

chelseafc.com

EUROPA LEAGUE DE 2019/20

Ainda restam, na fase das oitavas-de-final, dois desafios integrais, de ida e volta, Internazionale de Milão/ITA X Getafe/ESP, e Sevilla/ESP X Roma/ITA. Agora, ambos se decidirão numa partida única, em campo neutro, que a UEFA designará em breve. A UEFA ainda determinará se os outros seis, aqueles jogos que já tiveram a sua ida, realizarão o retorno de acordo com a tabela normal, ou se desenrolarão, todos, em plagas da Alemanha, dias 5 e 6 de Agosto, jornadas duplas, às 13h55 e às 16h00, pelo fuso de Brasília.

O Rhein Energie, em Colônia, Alemanha

O Rhein Energie, em Colônia, Alemanha

RheinEnergie

A Alemanha seguramente hospedará, em confrontos do estilo mata-mata, as etapas das quartas e das semis, entre  10 até 17 de Agosto, nas cidades de Colônia, Duisburg, Dusseldorf e Gelsenkirchen. A final, em 23 de Agosto, se desenrolará em Colônia. Gdansk, Polônia, originalmente apontada para receber esta final, hospedará a decisão de 2021, circunstância que empurra as porfias seguintes para Sevilha, em 2022, e Budapeste, Hungria, em 2023.

A Puskás Arena de Budapeste, Hungria

A Puskás Arena de Budapeste, Hungria

HungaryToday

Como desdobramentos acessórios, a UEFA decidiu que a Supercopa/2020, originalmente apontada para o Porto, agora ocorrerá na Puskás Arena de Budapeste, em 24 de Setembro, às 16h00 (de Brasília). As edições posteriores acontecerão nas sedes originalmente aprazadas: Belfast na Irlanda do Norte, Helsinque na Finlândia e Kazan na Rússia. Também anunciou que não houve alterações na planificação das suas próximas competições e que todas as federações têm como limite a data de 3 de Agosto para a inscrição dos seus clubes tanto na Champions League como na Europa League de 2020/21.

Gostou? Clique em “Compartilhar”, em “Twittar”, ou deixe a sua opinião em “Comentários”. Obrigado. Fique em casa, que eu fico a dever um abração!

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Três estádios novos da Copa do Qatar já estão prontos. Conheça

Últimas