A pandemia Covid-19 e o futuro imprevisível do Futebol na Europa

Numa assembléia por vídeo-conferência, dia 17, a UEFA, suas afiliadas, seus clubes e seus jogadores decidirão, inclusive, se haverá a Copa de seleções

O vírus da Covid-19

O vírus da Covid-19

Reprodução SBI

Até o começo deste mês de Março, o Velho Continente se envaidecia das duas grandes competições interclubes que enriqueciam quase todos os seus meios de semana entre Agosto e Maio. Habitualmente nas terças e nas quartas, a Champions League. E, geralmente nas quintas, a Europa League. Todavia, inopinadamente, um ultra-microorganismo com o formato de uma coroa e já conhecido pela Ciência desde o seu isolamento em laboratório, no ano hoje longínquo de 1936, se espraiou através da China e daÍ desandou a seguir um trajeto contrário àquele suposto do legendário Marco Polo (1254-1324), até se aquartelar na Itália e por lá depressa multiplicar a sua infestação.

A pandemia na China

A pandemia na China

Athit PerawongmethaReuters - 27.1.2020

Não se trata da primeira expedição universal do ultra-microrganismo, já popularizado como Coronavírus. Na verdade, tal batismo se oficializou em 1965, quando ampliações fotográficas confirmaram o desenho de coroa. Na essência, é um vírus causador de infecções respiratórias. Algumas diferenças sutilíssimas acabaram por lhe impor apelidos variados. E, por muito tempo, se considerou apenas a existência dos mais comuns, aqueles que pegam as crianças e os idosos, como os Alpha Coronavírus 229E e NL63, como os Beta Coronavírus OC43, HKU1, ou os da gripe tratável com um caldo de galinha.

O vírus da SARS

O vírus da SARS

MedicalNewsToday

No decorrer do tempo, em função das vacinas, do avanço da imunização e da sua própria natureza, mas sempre sem perder o seu formato de coroa, o vírus ganhou conotações diferentes e, principalmente, uma resistência bem maior. Caso do H1N1, da Gripe Suína. Ou do H5N1, da Aviária. Na primeira década deste século XXI, foi genericamente chamado de SARS (síntese de Severe Acute Respiratory Syndrome). Em anos posteriores, ao aparecer no Oriente Médio, virou MERS (síntese de Middle East Respiratory Syndrome). O de agora, segundo a OMS, a Organização Mundial de Saúde, já produziu uma Pandemia, ou seja, a epidemia extensiva, sem fronteiras, de nome Covid-19.

As recomendações essenciais

As recomendações essenciais

Reprodução

A mesma OMS se empenha em evitar a disseminação do pânico. Enfatiza o risco do contágio, principalmente nas crianças e nos idosos, mas observa que o vírus não resiste ao calor, fenece quando exposto a temperaturas mínimas de 26 a 27 graus e assegura que, nas mãos, por exemplo, o seu tempo de sobrevivência não passa de dez minutos. O perigo acontece porque, nesses dez minutos, inúmeras situações podem suceder. Esfregar os olhos, colocar um dedo na boca, coçar o nariz. Esse movimento boboca e, invariavelmente, reflexivo, pode levar o vírus à garganta e aos pulmões. Daí a recomendação de se levarem os braços, dos dedos a quase os cotovelos, muitas vezes ao dia.

Juventus X Inter, no Campeonato Italiano

Juventus X Inter, no Campeonato Italiano

juventus.com

Como o planeta demorou a compreender a intensidade do risco, como os governos tardaram a reagir, infelizmente o contágio se difundiu. A ponto de comprometer atividades coletivas, triviais, prosaicas, como freqüentar um cinema, o teatro, o restaurante, o evento esportivo. E a Covid-19, ostensivamente, afetou as duas competições interclubes do Velho Continente, a Champions e a Europa League. E ainda pode comprometer as disputas de seleções, como a Eurocopa. Na segunda rodada das oitavas-de-final da CL, dias 10 e 11, dos oito jogos previstos, houve só dois com a torcida nos estádios. Três tiveram portões fechados. Três foram adiados, sem qualquer previsão de data. E na EL, oito jogos previstos na ida das oitavas, houve quatro com os portões fechados e dois adiados sem previsão de data.

Internazionale X Ludogorets, na Europa League

Internazionale X Ludogorets, na Europa League

UEFA

Parece arrogância, ou imbecilidade, um colunista como eu manifestar incômodo com problemas que assolam o Futebol num momento em pessoas perecem, milhares se internam ou se isolam em quarentenas. O Jornalismo e o profissionalismo, no entanto, exigem um mínimo de pragmatismo, destreza na informação. Inclusive porque, no departamento do Esporte a crise Covid-19 pode atingir até mesmo os ansiados Jogos Olímpicos de Tóquio, previstos para o interregno de 24 de Julho a 9 de Agosto. E a complicação não se resume só na eventualidade de uma insólita, absolutamente inédita postergação.

À espera dos Jogos de Tóquio

À espera dos Jogos de Tóquio

Reprodução Forbes

De agora ao início dos Jogos ainda pendem centenas de classificações em uma dúzia de modalidades. Pior, os atletas treinam para atingir o ápice exatamente durante os Jogos. Perfeitamente podem, como se diz no seu jargão, “virar o fio” antes do tempo. E, de volta ao Futebol, que será das eliminatórias para o Qatar/2022, ou que será da Copa América? Na emergência, ao invés de completar, a partir da próxima terça-feira, dia 17 de Março, a segunda metade das oitavas da sua CL, já no limbo profundo das dúvidas, a UEFA convocou uma assembléia extraordinária, por vídeo-conferência, com os representantes das suas 55 afiliadas, mais aqueles das tantas ligas encarregadas de todos os campeonatos nacionais, gente da associação de clubes e gente da federação de jogadores. Na pauta, uma resposta única e coordenada para a situação.

Enquanto isso, eis os resultados da Europa League:

RANGERS (Esc) 1 X 3 BAYER LEVERKUSEN (Ale)
Ibrox Stadium, Glasgow, 50.817 lugares
Gols: Edmundson X Havertz/pen, Aránguiz, Bailey

BASAKSEHIR (Tur) 1 X 0 COPENHAGEN (Din)
Basaksehir Fatih Terim Stadium, Istanbul, 17.156 lugares
Gol: Visca

EINTRACHT FRANKFURT (Ale) 0 X 3 BASEL (Sui)
Waldstadion, de portões fechados
Gols: Campo, Bua, Frei

LASK (Aus) 0 X 5 MANCHESTER UNITED (Ing)
Linzer Stadion, Linz, de portões fechados
Gols: Ighalo, James, Mata, Greenwood, Pereira

OLYMPÍACOS (Gre) 1 X 1 WOLVERHAMPTON (Ing)
Karaiskakis, Pireu, de portões fechados
Gols: El Arabi X Neto

WOLFSBURG (Ale) 1 X 2 SHAKHTAR DONETSK. (Ucr)
Volkswagen Arena, de portões fechados
Gols: Brooks X Moraes, Marcos Antônio

INTERNAZIONALE (Ita) X GETAFE (Esp)

SEVILLA (Esp) X ROMA (Ita)

Jornada de retorno ainda sem data programada.


Gostou? Clique em “Compartilhar”, em “Twittar”, ou deixe a sua opinião em “Comentários”. Muito obrigado. E um grande abraço!