Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Silvio Lancellotti - Blogs
Publicidade

A Fiorentina, a Lazio e a Roma ganham vagas nas Copas da Europa

Por 2 X 0 a esquadra "Viola"  superou a desinteressada Juventus. À ´"Aguia' bastou a igualdade, 3 X 3, com o perigoso Verona. E a "Loba", por 3 X 0, mais soterrou o pobre Genoa na segunda divisão.

Silvio Lancellotti|Do R7 e Sílvio Lancellotti

A festa da torcida da Fiorentina, de retorno à Europa
A festa da torcida da Fiorentina, de retorno à Europa A festa da torcida da Fiorentina, de retorno à Europa

Prevaleceram as exigências técnicas e, principalmente, as necessidades financeiras. A tabela de partidas estabelecia que toda a rodada de número 38, a última do “Nazionale” da Itália em 2021/2022, deveria ocorrer no domingo, dia 22 de Maio. Mais importante, todavia, do que brigar por vaga nas futuras Copas da Europa, na quarta-feira, dia 25 de Maio, a equipe da Roma se debaterá com o Feyenoord da Neerlândia, a ex-Holanda, pela decisão da Conference League da UEFA. Por isso a Lega Série A antecipou para a sexta-feira, dia 20, seu duelo contra o Torino. A “Loba” ganhou de 3 X 0 e, além de criar um embalo excelente, paralelamente já garantiu o seu lugar na divisão logo de cima, a Europa Legue.

A capa do Twitter da Fiorentina
A capa do Twitter da Fiorentina A capa do Twitter da Fiorentina

Ao reformular a tabela, a intenção da Lega A era limitar à penúltima das datas os jogos destinados à luta por lugares nas Copas subalternas da Champions League. E, então, se concentrariam na derradeira os que valessem pela disputa do título da temporada e pela “salvezza” da queda à Série B. Com seus 3 X 0, a Roma complicou a Fiorentina, neste sábado obrigada a superar a Juventus para não depender, na corrida por espaço na Conference League, de Atalanta X Empoli. Óbvio, de todo modo, que as atenções maiores da “tifoseria” se congregarão no domingo, com o Milan apenas necessitado do empate em visita ao Sassuolo para abiscoitar o troféu. Eis as sínteses das pelejas deste sábado, dia 21:

Duncan, o autor do 1 X 0
Duncan, o autor do 1 X 0 Duncan, o autor do 1 X 0

FIORENTINA (7º/62/38) 2 X 0 JUVENTUS (4º/70/38)

Florença, Stadio Artemio Franchi

Publicidade

Árbitro: Daniele Chiffi

Gols: Duncan, González/pen

Publicidade

Max Allegri, o treinador da “Senhora”, descompôs o seu elenco titular e, uma justa homenagem, colocou no prélio os três jogadores que agora se despedem da agremiação: o seu capitão Chiellini, Dybala e Bernardeschi. E também poupou titulares como Morata e o DV7 Vlahovic, um ex. Do outro lado, porém, mesmo desalentado pela perda da vaga na Europa League, o time de Vincenzo Italiano, apoiado por uma torcida sempre fanática, ao menos batalhou por um espaço na Conference. E abriu o placar aos 46’, Duncan, na sobra de uma confusão absurda na grande área da desconjuntada retaguarda alvinegra.

O exato momento do gol de Duncan
O exato momento do gol de Duncan O exato momento do gol de Duncan

Cumpriu muito bem sua missão, o Chiello, substituído no intervalo por Rugani depois de uma trombada de cabeças com Piatek na qual sangrou e tingiu sua camisa de rubro. Vlahovic, o ex, o DV7, só entrou na pugna aos 76’, claro que debaixo de apupos. Allegri ainda honrou o arqueiro Pinsoglio, segundo reserva da Juve, ao colocá-lo em ação na etapa derradeira. Mesmo um eterno na “panchina”, ele se destacou pelo humor e pelo estímulo que transmitiu a seus companheiros. Teve a chance de pegar um penal aos 94’. Foi impecável, no entanto, a cobrança de González. Brava a esquadra “Viola”, de retorno às liças da Europa depois de meia década de tentativas invariavelmente frustradas,

Publicidade
Lazio, um empate suficiente
Lazio, um empate suficiente Lazio, um empate suficiente

LAZIO (5º/64/38) 3 X 3 VERONA (9º/53/38)

Roma, Stadio Olimpico

Árbitro: Andrea Colombo

Gols: Cabral, Anderson, Pedro X Simeone, Lasagna, Hongla

Uma simples igualdade serviria para que a “Águia” suplantasse a rivalérrima Roma na classificação. Resultado interessante não só pela inimizade citadina mas porque o quinto lugar lhe asseguraria, na Europa League, uma passagem direta à fase de grupos, sem o risco das eliminatórias. Saiu atrás no placar, 0 X 2 em meros 14’. Mesmo sem Immobile, o líder dos artilheiros, revirou o resultado. Não agüentou a disposição atlética do Verona e acabou por conceder o empate. Daí, mais do que protocolar, o jogo se tornou pelada.

Atalanta, um desfecho medíocre, dentro de casa
Atalanta, um desfecho medíocre, dentro de casa Atalanta, um desfecho medíocre, dentro de casa

ATALANTA (8º/59/38) 0 X 1 EMPOLI (14º/41/38)

Bérgamo, Gewiss Arena

Árbitro: Rosario Abisso

Gols: Stulac

Impactante a irregularidade da Atalanta, que chegou a namorar o comando da tabela, no início do Campeonato, pareceu solidificada entre os quatro da Bota na Champions League, e encerra a “stagione” tristemente relegada a uma distante e medíocre oitava colocação.

Bologna, a humilhação do Genoa, em pleno Ferraris
Bologna, a humilhação do Genoa, em pleno Ferraris Bologna, a humilhação do Genoa, em pleno Ferraris

GENOA (19º/28/38) 0 X 1 BOLOGNA (12º/46/38)

Gênova, Stadio Luigi Ferraris

Árbitro: Gianpiero Miele

Gols: Barrow

Genoa rebaixado à Série B. Pior. Caso o Venezia bata o Cagliari, no domingo, ocupará a rabeira da classificação. Pobre Genoa, de 1893 é o clube mais antigo da Bota.

No domingo, dia 22 de Maio:

SASSUOLO (10º/50/37) X MILAN (1º/83/37)

Sassuolo, MAPEI Stadium

Árbitro: Daniele Doveri

Milan e Inter, "Diavolo" e "Biscione"
Milan e Inter, "Diavolo" e "Biscione" Milan e Inter, "Diavolo" e "Biscione"

INTER (2º/81/37) X SAMPDORIA (15º/36/37)

Milão, Stadio Giuseppe Meazza

Árbitro: Marco Di Bello

SPEZIA (16º/36/37) X NAPOLI (3º/76/37)

La Spezia, Stadio Alberto Picco

Árbitro: Matteo Marchetti

SALERNITANA (17º/31/37) X UDINESE (13º/44/37)

Salerno, Stadio Arechi

Árbitro: Daniele Orsato

VENEZIA (20º/26/37) X CAGLIARI (18º/29/37)

Veneza, Stadio Pier Luigi Penzo

Árbitro: Fabio Maresca

Na sexta-feira, dia 20:

Roma, também na Europa
Roma, também na Europa Roma, também na Europa

TORINO (11º/50/38) 0 X 3 ROMA (6º/63/38)

Turim, Stadio Grande Torino

Árbitro: Abraham/2/1pen, Pellegrini/pen

Gols: Massimiliano Irrati

Inaugurada em 21 de agosto de 2021, e com seu desfecho previsto para 22 de maio de 2022, esta edição da Série A do Futebol da Velha Bota, a 120ª na História do Calcio, a 90ª desde a implantação do campeonato de pontos corridos, já viu 375 jogos e 1.076 tentos, média de 2,87. Principais artilheiros: Ciro Immobile (Lazio), 27 gols, Dusan Vlahovic (17/Fiorentina + 7/Juve), 24; Lautaro Martínez (Inter), 21; Tammy Abraham (Roma), Giovanni Simeone (Verona), 17; Gianluca Scamacca (Sassuolo), 16; Domenico Berardi (Sassuolo), 15; Marko Arnautovic (Bologna), Viktor Osimhen (Napoli), 14; Mario Pasalic (Atalanta), João Pedro (Cagliari), Andrea Pinamonti (Empoli), Edin Dzeko (Inter) 13; Gerard Deulofeu (Udinese), Gianluca Caprari (Verona), 12; Sergej Milinkovic-Savic (Lazio), Rafael Leão (Milan), Lor Insigne e Dries Mertens (Napoli), Francesco Caputo (Sampdoria), Beto (Udinese), Antonin Barak (Verona), 11.

Immobile, o MVP da temporada
Immobile, o MVP da temporada Immobile, o MVP da temporada

Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião sobre este meu texto no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, vã com cautela e solidariedade, use máscara, por favor. E fique com o meu abraço virtual! Obrigadíssimo!

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.